João Pessoa
Feed de Notícias

Governo orienta agricultores na construção de barragens subterrâneas em Bom Sucesso

segunda-feira, 19 de outubro de 2015 - 15:46 - Fotos: 

A busca de alternativa para convivência com a estiagem levou agricultores familiares do município de Bom Sucesso, no Sertão, a construir barragens subterrâneas coletivas em suas propriedades. Eles decidiram executar as obras ao tomar conhecimento do processo de construção e das vantagens de armazenamento de água, criando condições para o futuro cultivo de suas lavouras e a criação de animais.

Com a orientação e assessoria da Gestão Unificada Emepa/Interpa/Emater (GU), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca, os agricultores do Sítio Passagem, Caubi Pereira, Augusto Abrantes, Fábio Gonçalves, Francisco Vandilson e Jackson Oliveira de Lima, utilizando o leito do Rio Bom Sucesso, iniciaram a construção da obra, com uma profundidade de oito metros e uma vala com 285 metros de comprimento, sendo que na parte central a profundidade chegou a 14 metros.

O extensisonista Flaudemi José Félix de Sousa explicou que há muito tempo os produtores tinham interesse em construir a barragem, mas como se tratava de um rio temporário com razoável volume de água no período chuvoso e com uma grande bacia hidráulica, existiam dificuldades técnicas por parte dos interessados para executar a obra devido à elevação do lençol freático. Aproveitando que a região passa por quatro anos de baixa pluviosidade, os agricultores acharam que seria o momento para a execução da obra.

Para construir a barragem, foi utilizada uma retroescavadeira de grande porte. A obra também contou com parceria da prefeitura municipal, que forneceu uma pá carregadeira, e com a orientação técnica e o acompanhamento do assessor estadual da Emater, Ricardo Pereira.

Multiplicação – Os trabalhos de capacitação realizados pelo assessor Ricardo Pereira e extensionistas da Emater com relação à construção de barragens, em todas as regiões do Estado, estão se disseminando entre os agricultores. Foi o que aconteceu com os agricultores do município de Bom Sucesso, que decidiram construir sua barragem depois que tomaram conhecimento de todo o processo técnico.

Em dimensão semelhante, a barragem dos seus vizinhos, os agricultores Adeilson Oliveira, Benedito Vieira, Raimundo Herculano, Pedro Junior e Ivani Paz também tiveram o acompanhamento dos técnicos da GU-Emater. A barragem tem 185 metros de comprimento, uma profundidade média de oito metros. O custo foi de R$ 22 mil, dividido entre todos com partes iguais.

A construção das barragens teve o acompanhamento dos extensionistas Flaudemi José Félix de Sousa, de Bom Sucesso, Jailson Custódio, de Jericó, e contou com assessoramento do técnico Ricardo Pereira de Farias, que orientaram todo o processo, desde a colocação da lona, limpeza da vala, reposição do material de aterro da vala e sobreposição da lona. Estas duas barragens talvez sejam as maiores construídas na Paraíba com recursos dos produtores.

O lençol freático da bacia do Rio Bom Sucesso tem uma grande disponibilidade de água, isso irá garantir, entre outras ações, a exploração da bovinocultura de leite, caprinocultura, da fruticultura, como também a produção de forragem para o rebanho durante a estação seca.