Fale Conosco

14 de fevereiro de 2012

Governo nomeia novos membros do Conselho Estadual de Trânsito



O governador Ricardo Coutinho nomeou os 17 membros do Conselho Estadual de Trânsito (Cetran). O ato está no Diário Oficial desta terça-feira (14), estabelecendo um mandato de dois anos para os nomeados. O Cetran será presidido pelo secretário de Segurança e Defesa Social, Cláudio Coelho Lima. “É um órgão que delibera sobre vários assuntos de trânsito. A nomeação dos seus membros vem em boa hora”, avaliou.

Ele destaca a função normativa do conselho num contexto em que a violência no trânsito é preocupante. Após a posse dos membros, que ainda não foi agendada, o órgão marcará sua primeira reunião.

Os demais membros do conselho representarão os seguintes órgãos:

Paz no Trânsito – No dia 10 deste mês, o governador Ricardo Coutinho lançou o Comitê em Defesa da Vida no Trânsito. O lançamento ocorreu durante o Seminário Estadual de Estratégias para o Enfretamento da Violência no Trânsito, realizado no Hotel Caiçara, em João Pessoa.

Só no ano passado, 628 pessoas morreram vítimas de acidentes de trânsito, conforme dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) da Secretaria de Estado da Saúde (SES).

O Comitê tem o objetivo de promover a paz e a preservação da vida. Vai fiscalizar e realizar ações preventivas e educativas e terá perfis no Facebook e no Twitter, para aproximar as informações da população.

Integram o Comitê a Secretaria de Estado da Saúde, Detran, STTrans, Samu), Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran) da Polícia Militar, Secretaria de Comunicação Institucional (Secom), Secretaria de Estado da Educação (SEE), Secretaria de Estado da Segurança e Defesa Social (Seds), Secretaria Municipal de Saúde de João Pessoa (SMS), Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal (PRF), OAB, Arquidiocese da Paraíba, Hospitais de Emergência e Trauma de João Pessoa e Campina Grande, Conselho de Secretários Municipais de Saúde (Cosems), DER, UFPB – Núcleo de Estudo em ações de Urgências e Desastres, Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), Assembléia Legislativa (ALPB), Ministérios Públicos Estadual (MPPB) e Federal (MPF).