João Pessoa
Feed de Notícias

Governo moderniza serviços e investe em equipamentos e em infraestrutura no Detran

segunda-feira, 14 de novembro de 2011 - 11:49 - Fotos:  Cláudio César/Secom-PB

Grande parte dos recursos arrecados pelo Governo do Estado da Paraíba com o pagamento de multas por infração de trânsito e as taxas de serviços do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) está sendo utilizada na melhoria do atendimento e em campanhas educativas de trânsito na Paraíba.

Em 2011, o Detran substituiu equipamentos de informática na sede, em João Pessoa, e em  vários postos e Ciretrans do Estado. Implantou a vistoria eletrônica veicular em João Pessoa, em Campina Grande e em Patos, instalou câmeras na pista de provas na capital  e iniciou serviços de reformas e ampliação nas sedes do órgão instaladas no interior do Estado.

Uma das metas do Detran é levar para todo o Estado a excelência do atendimento atingida na capital. Na atual administração, foi feito um levantamento das condições de instalação e funcionamento de todas as unidades do Detran e traçado um calendário de reformas e ampliações. Recentemente, o Governo do Estado entregou a nova sede da 4ª Ciretran, em Patos, onde foram investidos cerca de R$ 500 mil. O antigo prédio teve a área triplicada e ganhou uma pista para realização das provas de práticas de direção veicular. Ainda sobre infra-estrutura, já estão em andamento obras de reforma e ampliação nas Ciretrans de Mamanguape, Pombal e Piancó.

Outra medida adotada pelo Detran, em 2011,  foi o recadastramento de cerca de 100 Centros de Formação de Condutores, as antigas autoescolas, existentes em todo o Estado. As empresas responsáveis pela formação dos motoristas paraibanos tiveram que se adequar às novas exigências do órgão visando a melhor capacitação e avaliação dos candidatos à Carteira Nacional de Habilitação.

Todo o processo de avaliação dos candidatos passou a ser mais rigoroso, desde a frequência às aulas práticas e teóricas, passando pelos exames médicos, psicotécnicos e provas de legislação e direção veicular. Outra novidade foi a instalação de câmeras, que proporciona maior segurança para examinadores e candidatos. O candidato reprovado que quiser contestar a prova pode recorrer às imagens e o examinador poderá justificar o resultado do exame.

Fiscalização e conscientização – Com uma frota de quase 800 mil veículos e mais de 700 mil condutores, o Detran intensificou as fiscalizações, principalmente para o cumprimento da chamadas Lei Seca. Desde julho de 2011, quando foi deflagrada a operação Blitz Gigante, o Detran realiza blitzen periódicas em todo a Paraíba, reforça a fiscalização com pessoal e promove campanhas de nas ruas, escolas e empresas.

Só em 2011, a Divisão de Policiamento de Trânsito já efetuou mais de 5 mil notificações, apreendeu 384 Carteiras Nacionais de Habilitação, 15 quadriciclos e flagrou 280 motoristas embriagados.

Outra medida adotada pelo Detran, em 2011, foi a exigência do cumprimento do Código de Trânsito Brasileiro em relação às motocicletas com até 50 cilidradas. As fiscalizações passaram a exigir que as chamadas “cinquentinhas” só sejam conduzidas por maiores de idade, habilitados e que estejam usando capacete. A medida teve aval do Tribunal de Justiça da Paraíba, que negou recursos impetrados com a  intenção de tentar impedir o cumprimento da lei. Só este ano, já foram apreendidas 495cinquentinhas.

A modernização dos equipamentos também passa pela vistoria, que além de oferecer mais segurança em relação à procedência dos veículos, reduziu em 50% o tempo de atendimento. Todos os kits são compostos por um laptop e um equipamento de captura de imagens digitais (palm) com uma microcâmera acoplada a um cabo flexível. Para garantir a segurança das informações, esse equipamento também envia, automaticamente, via rede sem fio, os arquivos registrados, para um local pré- determinado.

A câmera captura as imagens de chassis, motores, traseira e placas dos veículos e as fotografias são enviadas para os arquivos do Detran por meio de imagens criptografadas.Os arquivos são enviados automaticamente, evitando seu manuseio posterior e proporcionando a segurança das informações.

A vantagem do equipamento é que ele permite que a câmera capture imagens em áreas de difícil localização dentro do motor dos veículos, de forma mais segura. Até então, as vistorias eram realizadas com o sistema conhecido como decalque, que registrava o número do chassi no papel por meio da grafitagem.

Tecnologia a favor dos serviços – A informatização e a interatividade também foram fruto do investimento em modernização do Detran. Os processos administrativos de papel serão substituídos pelo processo eletrônico com a tramitação pelo sistema “workflow”. Além de ecologicamente correto, o sistema proporciona economia na redução do uso do papel, acelera a tramitação dos processos e dá maior segurança e transparência.

A comunicação entre os usuários também ganhou celeridade por meio das redes sociais da internet. O Detran da Paraíba é um dos órgãos que mais se destaca nos canais Twitter e Facebook, por exemplo. “ A intenção é estar mais perto dos usuários de todas as maneiras, inclusive pela internet. Desta forma, vamos ampliar o atendimento”, comenta o superintendente da Detran, Rodrigo Carvalho.