João Pessoa
Feed de Notícias

Governo lança Jornadas para aproximar agricultor familiar das políticas públicas

sexta-feira, 11 de abril de 2014 - 18:53 - Fotos:  Secom-PB

A terceira edição das Jornadas de Inclusão Produtiva que o Governo do Estado realiza, por meio da Emater Paraíba, empresa vinculada à Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap), foi aberta oficialmente na sexta-feira (11) em Campina Grande, no Parque da Criança, pelo vice-governador Rômulo Gouveia, que destacou os avanços da agricultura familiar a partir de união de esforços de todos órgãos da administração estadual.

Para o vice-governador, as Jornadas servem para mostrar à sociedade a política de desenvolvimento rural sustentável executada pela Sedap e suas vinculadas, de modo especial a Emater Paraíba, respeitando as vocações de cada região. “São políticas públicas estruturantes que envolvem órgãos das três esferas de governos federal, estadual e municipais. As Jornadas de Inclusão Produtivas sintetizam todo o trabalho do Governo do Estado em favor da agricultura, principalmente neste 2014, quando se comemora o Ano Internacional da Agricultura Familiar”, disse.

O deputado Luiz Couto disse no seu pronunciamento que as Jornadas levam a outras inclusões, como vida digna e cidadania para o povo paraibano. Outro que destacou o esforço do Governo do Estado no fortalecimento da agricultura familiar foi o ex-secretário da Sedap, Marenilson Batista.

O evento é uma ação concentrada e articulada de governos estadual, federal e municipal que visa aproximação dos agricultores familiares a projetos de financiamento de atividades produtivas, de aquisição de imóveis rurais, de comercialização e de crédito rural. O presidente da Emater Paraíba, Geovanni Medeiros, destacou a importância das Jornadas de Inclusão Produtivas para a economia do Estado com o fortalecimento da agricultura familiar. Com esses eventos os agricultores têm informações sobre as políticas públicas inerentes a esse segmento da agricultura, de maneira que consigam elaborar da melhor maneira possível seus projetos.

Segundo ele, as perspectivas a partir desta Jornada é continuar com a expansão do atendimento nas mais diversas atividades, priorizando a qualidade das ações. Um exemplo é a região de Campina Grande, que congrega 22 municípios, onde de janeiro até agora já foram contratados 27 projetos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), beneficiando 67 agricultores envolvendo o montante de recursos da ordem de R$ 482.368,30.

O agricultor Paulo Ferreira de Oliveira, do Sítio Alvinho, de Lagoa Seca, pai de nove filhos que o ajudam nas atividades agrícolas, saudou as autoridades presentes lembrando do papel da Emater na sua vida, que a partir das informações dos extensionistas passou a trabahar com a agroecologia, aumentando consideravelmente a produção e conquistando mercado. Hoje pode, sem uso de agrotóxicos, produzir diversos tipos de verduras e folhagem, e fornece para diversas feiras livres e para o PNAE e ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

Outro agricultor que destacou o trabalho de assessoramento da Emater Paraíba foi Valdir da Silva Sousa, do Sítio São Pedro de Baixo, de Boa Vista, onde produz palma, filho, sorgo, feijão, hortaliças numa área de 4 hectares.

As Jornadas de Inclusão Produtiva têm a finalidade de esclarecer dúvidas dos agricultores familiares, dando-lhes oportunidade de acesso a programas e políticas públicas como crédito para aquisição de terra, participação no Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), Programa Nacional Rural de Habitação (PNRH), entre outros.

O presidente da Emater Paraíba, Geovanni Medeiros, informou que as Jornadas se resumem em espaços de atendimento direto aos agricultores familiares, com palestras, mostra tecnológica com produtos da agricultura familiar e parceiros do município. A cada evento, a população conta também com parceria do Banco do Brasil, Caixa Econômica, BNB, Agroamigo, Sindicatos de Trabalhadores Rurais, Associações Comunitárias Rurais e Conselhos Municipais de Desenvolvimento Rural Sustentável (CMDRS).

Durante as Jornadas os técnicos da Emater atendem as demandas dos agricultores e da população em geral. Durante a abertura houve demonstrações práticas de silagem e fenação, elaboração de projetos de crédito diversos, orientação sobre comercialização, aquisição de terra, documentação e outras ações. Distribuído de alevinos pela Empasa, a Emepa apresentou os Blocos Multinutricionais, foram distribuídas palma forrageira, mudas frutíferas e ornamentais, exposição e comercialização de artesanato.

As Jornadas de Inclusão Produtiva vão acontecer em toda Paraíba durante os meses de abril e começo de junho, e tem a finalidade de incentivar a agricultura familiar e o desenvolvimento rural sustentável. Os eventos contam com a participação da Empasa, Interpa e Emepa e do Ministério de Desenvolvimento Agrário e do INSS, que faz atendimentos. Nas Jornadas os técnicos extensionistas tiram dúvidas dos agricultores familiares, indicando o acesso a programas e políticas públicas, e também oferecem aos participantes serviços como feiras agropecuárias e agroecológicas, exposições, distribuição de alevinos, mudas frutíferas e ornamentais, ainda contam com cursos, palestras, capacitações, documentação gratuita, apresentações culturais e entretenimento.

As pessoas têm acesso aos serviços básicos de saúde como aferição de pressão arterial, teste de glicemia, orientações sobre campanhas de vacinação pelas secretarias estadual e municipais de Saúde.

Programação – Conforme a programação, acontecerão Jornadas de Inclusão Produtiva nas 15 regionais da Emater Paraíba. Após a abertura, os eventos continuarão nos dias 29 de abril – Areial; 30 de abril – Monteiro; 8 de maio – Jericó; 9 de maio – Itaporanga; 15 de maio – Desterro; 16 de maio – Guarabira; 22 de maio – Junco do Seridó; 23 de maio – Salgado de São Félix; 29 de maio – Picuí; 30 de maio – São João do Rio do Peixe; 5 de junho – Pombal; 06 de junho – Aparecida; 10 de junho – Bananeira e 11 de junho – João Pessoa, encerrando as Jornadas deste ano.

No ano passado, ocorreram 280 jornadas em todo o Estado, com participação de 53.095 pessoas, com atendimento a 25.352 famílias agricultoras, sendo elaboradas 3.724 propostas de créditos, perfazendo um montante de recursos da ordem de R$ 21,5 milhões.