Fale Conosco

31 de março de 2016

Governo lança editais de incentivo à Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação



O Governo do Estado vai lançar novos editais para investimento em Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (P,D&I), previstos para serem publicados até o próximo mês de abril, com investimentos de mais de R$ 8 milhões. Os editais estão em fase de elaboração pela Secretaria de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente e da Ciência e Tecnologia, por meio da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba (Fapesq).

Serão lançados editais dos programas Pronex – Programa de Apoio aos Núcleos de Excelência, PPP – Programa de Infraestrutura para Jovens Pesquisadores, e PPSUS – Programa Pesquisa para o SUS – Gestão Compartilhada em Saúde. E mais dois editais com o Conselho Britânico, por meio do Fundo Newton, para a realização de dois cursos de capacitação para professores sobre elaboração de artigos científicos, sendo um da Universidade Federal da Paraíba (UFPB-JP) e outro na Universidade Federal de Campina Grande (UFCG-CG).

Conforme informou o presidente da Fapesq, Claudio Furtado, estão sendo liberados para o Pronex R$ 4,5 milhões, com o objetivo de apoiar a execução de projetos de grupos consolidados de pesquisas científica, tecnológica e de desenvolvimento, visando dar suporte financeiro à continuidade dos trabalhos dos grupos de pesquisas com excelência reconhecida no Estado da Paraíba.

O Pronex é um instrumento de estímulo à pesquisa e ao desenvolvimento científico. É classificado como Núcleo de Excelência um grupo de pesquisadores com reconhecida competência e tradição em suas áreas de atuação, capaz de funcionar como fonte geradora e transformadora de conhecimento científico-tecnológico para aplicação em projetos de relevância para o desenvolvimento do país.

Para o PPP vão ser destinados recursos na ordem de R$ 2,4 milhões, para apoiar a instalação, modernização, ampliação ou recuperação da infraestrutura de pesquisa científica e tecnológica nas instituições públicas de ensino e pesquisa, visando dar suporte à fixação de jovens pesquisadores e nucleação de novos grupos.

Na área de saúde, uma das prioridades do Governo é apoiar pesquisas de combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya, grande preocupação em todo o país. O investimento para o PPSUS é de R$ 1,2 milhão. O objetivo primordial do Programa é financiar pesquisas em temas prioritários de saúde, capazes de dar resposta aos principais problemas de saúde da população que necessitam do conhecimento científico para sua resolução.

Todos esses editais já estão em processo de análise pelo CNPq – Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico , previsto para serem lançados em abril.