Fale Conosco

8 de maio de 2012

Governo lança campanha para combater praga de coqueirais nas Várzeas de Sousa



A doença que está atacando os coqueirais do Sertão, uma ameaça para a produção do coco verde que pode causar prejuízos econômicos e sociais na região, começa a ser combatida a partir desta quarta-feira (9), com o lançamento da campanha de controle da broca-do-olho-do-coqueiro no Perímetro Irrigado de São Gonçalo, em Sousa. A ação é promovida pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap) e suas vinculadas Emater Paraíba e Emepa-PB.

O inseto é responsável pela disseminação de um agente que causa a doença conhecida por anel-vermelho, que provoca a morte do coqueiro. A campanha constará inicialmente de explanação técnica sobre a praga, distribuição de 100 armadilhas tipo “balde”, folderes com informações sobre o controle e sua demonstração prática em campo quanto à preparação das armadilhas e sua instalação.

Durante a campanha, que deve durar seis meses, serão distribuídas com os agricultores familiares produtores de coco verde mais 400 armadilhas e 500 ampolas de feromônio. Todo o tratamento é agroecológico.  A meta é atingir 500 produtores em toda a região. Os trabalhos serão acompanhados pelos agrônomos Rêmulo Araújo Carvalho, da Emepa, e Henrique Paz de Oliveira, da Emater, numa ação coordenada pelo coordenador regional da Emater em Sousa, Francisco de Assis Bernardino.

A cultura do coqueiro no município de Sousa ocupa uma área de 1.600 hectares, com uma produção anual de 36 milhões de frutos, que são comercializados em vários estados, com faturamento anual de R$ 10,8 milhões.