Fale Conosco

22 de novembro de 2012

Governo lança campanha de combate à violência contra a mulher nesta sexta-feira



O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana (Semdh) e da Secretaria de Comunicação (Secom), em parceria com demais secretarias e o Sistema Paraíba de Comunicação (TVs Cabo Branco e Paraíba, jornal da Paraíba, e rádios FM/AM) lança, nesta sexta-feira (23), a campanha “Violência contra a mulher. Denuncie. Você não está sozinha”.  Serão 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher, alusivos ao dia 25 de novembro (Dia Internacional de Combate à Violência contra a Mulher).

A campanha, segundo a Secretária da Semdh, Iraê Lucena, tem o objetivo de fortalecer o enfrentamento à violência contra a mulher na Paraíba. “A campanha reforça  o disque 197 da Polícia Civil e o 180 Nacional, que recebem e encaminham as denúncias de violência contra a mulher”, explicou.

A secretária informa que a campanha também visa estimular as mulheres em situação de violência a buscarem ajuda e, principalmente, denunciar seus agressores. “A Semdh vem trabalhando diariamente com ações focadas no enfrentamento à violência contra a mulher. A campanha vem reforçar a importância da denúncia, assim como visibilizar os serviços de referência ao atendimento às mulheres em situação de violência no Estado”, destacou.

Ações efetivas – Durante o período da campanha estão previstas a veiculação de peças publicitárias na mídia, distribuição de materiais informativos e  a instalação de tendas de serviços. “Estamos programando quatro grandes ações em João Pessoa, Campina Grande, Santa Rita e Queimadas, com a participação de várias Secretarias de Governo, com oferta de serviços de saúde, informações sobre direitos das mulheres, o Empreender Paraíba e Mulher, distribuição de preservativos e orientações sobre câncer de colo e de mama, entre outros”, informou a secretária executiva da Semdh, Gilberta Sares.

A escolha para instalar as tendas de serviços nestas cidades se baseou na quantidade populacional e também por se destacarem nos índices de violência contra a mulher no Estado. “Estaremos realizando um grande Ato Público no município de Queimadas, com a participação da população, do Governo e do movimento de mulheres para fortalecer o combate à violência naquela região”, disse Gilberta Soares.

Para o secretário executivo da Secom, Paulo André, a parceria com a TV Cabo Branco vai engrandecer a campanha e pautar a mobilização social sobre a questão. “A campanha está muito bem elaborada e, através dela, poderemos ampliar o interesse da população sobre a questão da violência contra a mulher e assim sensibilizar sobre os significativos índices de violência”, explicou.

A veiculação da campanha na mídia se estende até o dia 10 de dezembro, período que se encerra a campanha dos 16 Dias de Ativismo pelo fim da violência contra a mulher.

Tenda de Serviços – As ações das tendas de serviços estarão sendo realizadas em parceria com as Secretarias de Estado da Saúde, Maternidade Frei Damião, Casa Civil, Segurança Pública, Delegacias Especializadas da Mulher (DEAMs), Polícias Militar e Civil, Defensoria Pública e Movimento de Mulheres. Essas atividades acontecerão no dia (28) em João Pessoa, no Ponto Cem Réis, Centro; no dia (30) em Campina Grande;  06 de dezembro em Santa Rita e (11) em Queimadas.

25 de novembro – A data de 25 de novembro foi estabelecida no 1º Encontro Feminista Latino-americano e do Caribe realizado em Bogotá, Colômbia, em 1981, em homenagem às irmãs Mirabal  (Patria, Minerva e Maria Teresa) que foram brutalmente assassinadas em 25 de novembro de 1960, na República Dominicana.