João Pessoa
Feed de Notícias

Governo investe R$ 800 mil em reforma de escola em Rio Tinto

sábado, 29 de março de 2014 - 09:04 - Fotos:  Alberi Pontes/ Secom-PB

O governador Ricardo Coutinho autorizou, nessa sexta-feira (28), o início das obras de reforma da Escola Estadual de Ensino Fundamental Frederico Lundgren, em Rio Tinto. O Governo do Estado vai investir R$ 800 mil na reforma da unidade de ensino.

A ordem de serviço foi assinada pelo governador Ricardo Coutinho, pelo vice-governador, Rômulo Gouveia, e pela secretária de Estado da Educação, Márcia Lucena, na escola estadual Luiz Gonzaga Burity, que abrigou os cerca de 200 alunos do colégio.

A nova escola ganhará cinco salas de aula, pátio, biblioteca, sala de professores, diretoria, secretaria, cantina, rampa de acessibilidade para pessoas com deficiência, passarela para acesso às salas e bateria de sanitários.

O governador Ricardo Coutinho destacou a importância da reforma para a qualidade de ensino e o conforto dos alunos. “Esse é um esforço muito grande que o Estado faz para qualificar a educação com a reforma e ampliação de 352 escolas das cerca de 800 no Estado”.

O vice-governador, Rômulo Gouveia, lembrou que o Governo do Estado trabalha na reestruturação da rede estadual de ensino que estava bastante danificada e também no ensino médio profissionalizante com a inauguração, ainda neste semestre, de uma escola técnica estadual. “Em pouco tempo, vamos ver estes alunos daqui ingressando na escola técnica estadual ou em outras universidades pois este Governo trata a educação com total prioridade”, disse Rômulo.

A secretária de Educação do Estado, Márcia Lucena, explicou que, no período da reforma, os alunos da escola Frederico Lundgren não serão prejudicados, pois já estão estudando da Luiz Gonzaga Burity provisoriamente. “Mesmo sem as condições estruturais da escola, graças ao empenho da direção, professores e alunos, o Ideb atingiu 5.1”, comemorou. 

Para a vice-diretora da escola Frederico Lundgren, Alaine Leiros, toda a comunidade estudantil está lutando há muito tempo por essa reforma, pois a escola estava deteriorada, sem ventilação adequada e um pequeno espaço. “Agradecemos pela reforma que possibilitará um ensino de mais qualidade, espaço para desenvolver projetos educacionais e para convivência dos alunos. Esperamos construir um processo educacional com mais qualidade”, completou a gestora da escola.