João Pessoa
Feed de Notícias

Governo investe R$ 3,8 milhões no acesso à Barra de Camaratuba

quinta-feira, 13 de março de 2014 - 12:19 - Fotos:  Roberto Guedes/Secom-PB

O Governo do Estado trabalha nas obras de pavimentação do trecho da rodovia PB-061/PB-065, de acesso à praia Barra de Camaratura, em Mataraca, no Litoral Norte. O investimento é de R$ 3.849.694,92 milhões. No total, serão asfaltados 12 km de estrada, benefício direto para mais de sete mil pessoas, além dos turistas.

A rodovia é executada com recursos próprio do Estado. O projeto inclui terraplenagem, pavimentação asfáltica, bueiros tubulares, sistema de drenagem de água profundas e superficiais, cercas de faixa de domínio, paisagismo e sinalização vertical e horizontal.

O diretor do DER, Hélio Cunha Lima, disse que a obra faz parte do Programa Caminhos da Paraíba e é fundamental para o desenvolvimento econômico, social e turístico do litoral Norte do Estado. A rodovia beneficia uma população de 7.404 habitantes. O tráfego médio diário é de 349 veículos entre automóveis, utilitários, ônibus, caminhões e motos.

Os moradores de Barra de Camaratuba vivem a expectativa de melhorias na qualidade de vida e perspectivas do desenvolvimento local, após a pavimentação da estrada. “Hoje é um aperreio para ir ao médico, viajar para Mataraca ou Mamanguape, com poeira ou lama, com a pista asfaltada nossa vida vai melhorar muito”, comemora dona Maria Padilha, 73 anos.

O pescador Damião Paulino de Lira, 72 anos, também destaca os benefícios para a população. “Sou nascido e criado aqui na Barra e a vida sempre foi difícil por causa dessa estrada no barro. Se o Governo está trazendo o asfalto é porque olhou para esse povo esquecido por toda a vida”, observou.

O estudante Eduardo José Bezerra, 22 anos, ajuda os pais no restaurante da família e à noite faz faculdade de Ciências da Computação em Rio Tinto, na UFPB. Ele afirmou que os turistas e os moradores há muitos anos sonham com a estrada pavimentada e agora a obra está sendo tocada. “Nossa reivindicação foi atendida. Vai ser melhor para todos”, reforçou.