Fale Conosco

5 de junho de 2011

Governo investe mais de R$ 27 milhões na construção de casas



O governo do Estado está investindo R$ 27 milhões para a construção de 1839 casas populares na região do Vale do Mamanguape.  O anuncio foi feito pelo governador Ricardo Coutinho, durante plenária do Orçamento Democrático, no município de Mamanguape.

Segundo dados da Companhia Estadual de Habitação Popular (Cehap) estão sendo construídas 81 casas em Baia da Traição num investimento de R$  121 mil , 217 em Capim (R$ 501 mil) ,  100 em Cuité de Mamanguape (R$ 150 mil), 30 em Curral de Cima (R$ 60 mil), 146 em Itapoporoca (R$ 234 mil), 656 em Mamanguape (R$ 24 milhões), 111 em Marcação ( R$ 166 mil), 210 em Mataraca (R$ 360 mil), 130 em Pedro Régis (R$ 210 mil) e mais 158 unidades em Rio Tinto (R$ 214 mil).

Na abertura da plenária do Orçamento Democrático, o governador Ricardo Coutinho entregou as chaves de 30 casas populares no município de Mamanguape. As habitações, que possuem 42 metros quadrados, representaram um investimento de R$ 828 mil.

Uma das beneficiadas é Eliane Francisca da Costa, que trabalha com material reciclado,possui dois filhos e moravam em casa de Taipa.  Ela não escondeu a satisfação de receber do governo do Estado a sua primeira casa própria que esperava há seis anos quando requereu o benefício à Cehap.

Eliane acrescentou que o conjunto possui energia elétrica, as casas são amplas e possuem acesso para pessoas com deficiência. “Junto com os moradores escolhi o nome da nossa comunidade que passará a se chamar Bom Jesus de Nazaré. Tenho certeza que ele vai iluminar a nossa morada e nos dará uma vida mais digna”, disse emocionada.

Na área de educação, o governador Ricardo Coutinho informou que o governo construindo duas escolas estaduais no município de Marcação num investimento de R$ 752 mil e outra em Mamanguape no valor de R$ 873 mil. Em Cuité de Mamanguape, a população vai ganhar a reforma e ampliação da escola estadual Renato Fonseca Filho (R$ 583 mil) e construção de um ginásio (R$ 429 mil). Em Itapororoca, os investimentos do Governo estão concentrados na reforma da Escola Rui Carneiro e da quadra de esporte (420 mil), além da reforma da escola Severino Felix de Brito e conclusão do ginásio (R$ 559 mil).

O governador também determinou o início da reforma da Escola Matias Freire, em Baia da Traição. O curso pré-vestibular do Estado (PB-Vest) também ganhou um núcleo de ensino em Mamanguape e as inscrições estão abertas para alunos de baixa renda.

O governador ressaltou que o maior desafio da região é regularizar o abastecimento de água nos municípios com a construção da Adutora de Araçagi.  Ele acrescentou que a obra está orçada em R$ 35 milhões e já encaminhou projeto para o Ministério da Integração para viabilizá-la com recursos federais.

Ações no estado – Ricardo Coutinho rebateu opositores que tentam pregar o caos no Estado. “Que caos? Se retomamos várias obras que estavam paradas como o Centro de Convenções, adutora São José, estradas, 24 obras do PAC, incluindo a Translitorânea, que será reiniciada até o dia 15 de junho. O governo está correndo e está fazendo aquilo que tiveram dez anos para fazer e não fizeram”.

O governador defendeu a ampliação da carta de crédito do Banco Mundial, que atualmente é de apenas US$ 20 milhões de dólares direcionados para o Projeto Cooperar. “É preciso ampliar esses recursos para que a Paraíba não continue tendo a menor carta de crédito junto ao Banco Mundial. Quero fazer um governo de altivez com investimentos em estradas, projetos abastecimento de água e geração de emprego”.

O governo do Estado repassa R$ 50 milhões em recursos para os municípios dentro de critérios técnicos porque entende que a vida e os serviços estão nos municípios “Estamos possibilitando no Orçamento Democrático que minorias como indígenas, ciganos, quilombolas, praticantes de esportes radicais tenham um espaço para se expressarem e participar da elaboração do orçamento.  Acabou o tempo em que as elites acertavam tudo entre si e o povo ficava a margem. Esse tipo de negociata não tem guarida neste governo. Estou colocando o povo para construir a política”, enfatizou.