Fale Conosco

2 de maio de 2012

Governo investe em ações de combate à dengue no Estado



O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), tem realizado ações de combate à dengue na Paraíba, que inclui qualificação profissional, suporte técnico e organização da rede de saúde com todas as Gerências Regionais de Saúde (GRSs). O Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs) ainda criou o número 8828-2522, que funciona 24 horas por dia para receber notificações dos casos de dengue com complicações e óbitos.

As pessoas que encontrarem ambientes com recipientes com água parada ou com capacidade para acumular água das chuvas deve acionar a vigilância epidemiológica de seus municípios e solicitar inspeção dos agentes de saúde, bem como a circulação de carros fumacê. Cabe à SES oferecer o suporte técnico e de equipamentos para o cumprimento dessas ações de inspeção e monitoramento das equipes municipais nos locais onde ocorrem focos de proliferação do mosquito Aedes aegypti.

Entre os investimentos que a SES fez para o combate à dengue está a aquisição dos jogos escolares infantis ‘Olimpíadas de Combate à Dengue’ para educar e instruir as crianças de 4 a 10 anos sobre as ações de combate ao mosquito. “É importante esse trabalho educativo porque temos que criar já nas crianças, desde cedo, a consciência do cuidado de combate à doença e a necessidade das ações de vigilância dos focos do mosquito. Dessa forma, vamos educar as crianças e permitir que elas cresçam com a responsabilidade de também contribuir para o combate à doença”, disse a gerente de Vigilência em Saúde, Júlia Vaz.

Também são realizadas campanhas publicitárias para conscientização da população, a fim de que se mantenha atenta e participe do combate à doença. As peças publicitárias foram veiculadas tanto em forma de panfletos educativos como por meio dos veículos de comunicação e mídia.

Ainda foram realizadas oficinas com os profissionais das GRSs. “Capacitamos os profissionais para que façam o acompanhamento da execução das ações do plano de contingência em todos os municípios de sua abrangência. A SES também faz o monitoramento semanal de todos os casos suspeitos de dengue que são notificados até que seja emitido o resultado de análise laboratorial sobre a confirmação ou descarte dos casos”, explicou Júlia Vaz.