João Pessoa
Feed de Notícias

Governo institui comissões para celebração do centenário de nascimento de Ernani Satyro

sexta-feira, 12 de agosto de 2011 - 16:48 - Fotos: 

Este ano, a Paraíba comemora o centenário de nascimento do ex-governador e ex-ministro Ernani Ayres Sátyro e Sousa. Para celebrar a memória do paraibano nascido em Patos no ano de 1901, o Governo do Estado instituiu a Comissão de Honra e a Comissão Executiva. O ato governamental está publicado no Diário Oficial desta sexta-feira (12).

A Comissão de Honra será constituída pelos secretários de Estado Francisco César Gonçalves (Cultura), Nonato Bandeira (Comunicação), deputado estadual Francisco de Assis Quintans, representando a Assembleia Legislativa, o deputado federal Hugo Motta, representando a Câmara dos Deputados, Joacil de Brito Pereira (Academia Paraibana de Letras), Humberto Fonseca Lucena (Instituto Histórico e Geográfico Paraibano), Bertholdo Sátyro e Flávio Sátyro Fernandes, representantes da família do homenageado, e Evaldo Gonçalves, representando os secretários no Governo Ernani Sátyro.

A Comissão Executiva de celebração do centenário de Ernani Sátyro é composta por José Lacerda Brasileiro, presidente da Fundação Ernani Sátyro (Funes), Flávio Sátyro Fernandes (Fundação Casa de José Américo), Múcio Sátyro (família), José Octávio de Arruda Mello (Secretaria de Cultura), além de representantes da prefeitura de Patos, Universidade Estadual da Paraíba, Instituto Histórico e Geográfico de Patos, Clero Diocesano de Patos e Academia Patoense de Artes e Letras. As duas comissões terão o apoio técnico e logístico da Fundação Ernani Sátyro. No prazo de 90 dias as comissões deverão apresentar relatório ao presidente da Funes.

Histórico – O ex-governador Ernani Satyro nasceu no dia 11 de setembro, na cidade de Patos e faleceu em 1986, em Brasília, na madrugada de 8 de maio, sendo sepultado na Capital da República. Em 1927 matriculou-se no Liceu Paraibano, onde fez os chamados estudos preparatórios. Em 1933 concluiu o curso de Direito em Recife. No ano de 1934 elege-se deputado à Assembleia Constituinte Estadual, no pleito de 14 de outubro pela legenda do Partido Libertador.

Em 1940, Ernani Satyro é nomeado prefeito de João Pessoa, tomando posse em 10 de julho e exonerando-se em 29 do mesmo mês, com a queda do Interventor Argemiro de Figueiredo. Em 1963 torna-se membro da Academia Paraibana de Letras.  É nomeado Ministro do Superior Tribunal Militar, por ato do Presidente Costa e Silva, em 1968; diplomado Governador do Estado em 1969, e eleito Governador, pela Assembleia Legislativa da Paraíba, em 1970. O Governo do Estado, através da Lei número 5.048, de 11 de junho, institui a Fundação Ernani Satyro, com o objetivo de cultuar a memória do ex-governador e dinamizar a vida cultural do sertão paraibano.

Fundação Ernani Sátyro

Homenagem – Portaria assinada pelo presidente da Funes, José Lacerda Brasileiro, no Diário Oficial desta sexta-feira (12), outorga a Medalha Ministro Ernani Ayres Satyro e Sousa ao governador Ricardo Coutinho, pelos relevantes serviços prestados à cultura paraibana.

Em outras portarias, a Funes também outorga a Medalha a Maria Zoetânea da Nóbrega Batista, Francisco Petrônio de Oliveira Rolim, José Romildo de Sousa e Paulo Bonavides, também por relevantes serviços prestados à cultura paraibana. A Fundação Ernani Sátyro funciona na casa nº 93 da Rua Miguel Sátyro, na cidade de Patos, endereço onde morou o ex-governador.