João Pessoa
Feed de Notícias

Governo inicia treinamento sobre uso pedagógico do tablet educacional

sexta-feira, 30 de agosto de 2013 - 12:09 - Fotos:  Diego Nóbrega

Vinte e seis pessoas que integram os núcleos de tecnologias educacionais das 14 Gerências Regionais de Educação (GRE) participam de treinamento sobre o uso pedagógico do tablet educacional. A capacitação começou na quinta e se encerra nesta sexta-feira (30), no Hotel Blue Sunset, na praia de Cabo Branco, em João Pessoa.

O projeto ‘Uso pedagógico do tablet educacional’, desenvolvido em parceria entre o Governo da Paraíba, Ministério da Educação e UFPB, beneficiará 4 mil professores e 50 mil estudantes de 200 escolas de ensino médio da rede estadual.

De acordo com o coordenador estadual do Proinfo, José Isidro Alves, os formadores serão capacitados para atuar diretamente com os tutores presenciais de cada escola. “Os tablets foram distribuídos aos professores do Ensino Médio e aos alunos da 1ª série do Ensino Médio. Agora passamos uma orientação para que esses equipamentos sejam utilizados pedagogicamente. Hoje, nós estamos capacitando esses formadores e, posteriormente, eles vão capacitar os tutores presenciais, que irão dinamizar todo o trabalho de formação nas escolas”, explicou.

O coordenador também afirmou que a formação está sendo oferecida inicialmente a professores de 200 escolas de Ensino Médio da rede estadual, de um total de 385. “Nós encaminhamos o projeto ao MEC e recebemos a confirmação de que ele foi aprovado, para a capacitação dos profissionais das demais escolas no próximo ano”, informou José Isidro.

Objetivo – A principal meta da capacitação é tornar o uso dos tablets nas escolas uma realidade. “Os professores conhecerão todos os recursos do equipamento e passarão a utilizá-lo pedagogicamente. Na Paraíba, nós podemos dizer que estamos de parabéns porque o Governo do Estado entendeu que além de entregar tablets a todos os educadores, deveria fazê-lo também como alunos do Ensino Médio. Daqui a três anos, todos os alunos do Ensino Médio da rede estadual vão ter tablets para acompanhar as atividades escolares”, previu.

O professor Mariano Castro Neto, coordenador do curso de licenciatura em Ciências da Computação da UFPB, é o responsável por ministrar a formação. Segundo ele, o projeto é fundamental para garantir a apropriação tecnológica dos professores. “Consideramos que, embora alguns tenham já conhecimento dos equipamentos, devemos partir do pressuposto de que ninguém conhece nada, justamente para facilitar para as pessoas que não conhecem. Vamos partir do zero para eles acostumarem os aplicativos e saberem quais os recursos que estão disponíveis no tablet”, explicou.

Em grupos, os professores participarão de oficinas práticas onde se apropriarão da tecnologia e conhecerão sua potencialidade. Ao final da formação, cada multiplicador terá desenvolvido um plano de ação para capacitar os tutores presenciais.

Fundamental – A formadora Maronildes Félix Limeira, do NTE, afirmou que é importante que os professores se familiarizem com as tecnologias atuais. “A chegada dos tablets à escola gera uma certa apreensão, mas o treinamento dará ao professor a familiaridade com o dispositivo para ser utilizado com o aluno como recurso pedagógico. Então, é importante essa formação que hoje damos início para que o professor tenha a condição de trabalhar com essa ferramenta da melhor maneira”, disse.

A representante da 8ª Gerência Regional de Educação, Suelene Bezerra de Sousa, tem a mesma opinião” “A gente percebe que a tecnologia chega até a escola, mas, infelizmente, os professores não sabem o que fazer com elas pedagogicamente. Então, essa formação veio no momento certo, porque as escolas já estão recebendo os tablets para professores e alunos”, ressaltou.