João Pessoa
Feed de Notícias

Governo inicia pagamento de abono natalino na próxima quarta-feira

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013 - 17:30 - Fotos:  Divulgação

O Governo do Estado começa na próxima quarta-feira (9) o pagamento do abono natalino a todas as 503.561 famílias inscritas no programa social Bolsa Família. Cerca de dois milhões de pessoas serão beneficiadas com o valor unitário de R$ 32,00, o que corresponde a um total de R$ 16.113.952,00 oriundos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Funcep).

De acordo com a secretária de Desenvolvimento Humano, Aparecida Ramos, esse foi um compromisso de campanha do governador Ricardo Coutinho e que será cumprido. “A Paraíba foi um dos estados do nordeste que mais cresceu e o governo quer aliar desenvolvimento econômico com o social. Chegamos a um crescimento de mais de 6% no produto interno bruto (PIB), enquanto o PIB nacional não passou dos 2%”, afirmou Aparecida Ramos.

No Estado, 60% das famílias paraibanas são beneficiadas com o Bolsa Família, o quê, segundo Aparecida Ramos, corresponde a um investimento de mais de R$ 60 milhões, por mês, com o programa social. De acordo com a secretária, o valor do abono foi baseado no que é repassado aos usuários pelo Bolsa Família. “Para quem é usuário, com renda per capta muito baixa, é um valor que ajuda bastante e que chega em boa hora, já que no início do ano os custos costumam ser maiores. Outras pessoas podem achar pouco, mas para essas famílias a ajuda é fundamental”, disse.

O pagamento será feito de 9 a 24 de janeiro através da Empresa de Correios e Telégrafos, por meio de vale postal confeccionando e custeado pelo Governo do Estado, no valor de R$1.133.012,25. Para ter acesso ao abono, os beneficiados terão que retirar o valor nos Correios da sua cidade, sendo que a entrega será feita de acordo com Número de Identificação Social (NIS). “ A entrega será feita nos 223 municípios, mas em 29 não há postos dos Correios, então vamos fazer um esquema especial para essas cidades que terão um dia único para retirar o valor que deverá ser feito em alguma escola estadual”, disse Aparecida Ramos.

Os programas

Pronatec – O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) foi criado
pelo Governo Federal, em 2011, com o objetivo de ampliar a oferta de cursos de educação
profissional e tecnológica.

Projovem - Preparar o jovem para o mercado de trabalho e para ocupações alternativas geradoras de renda são os principais objetivos do Projovem Trabalhador. Podem participar do Programa os jovens desempregados com idades entre 18 e 29 anos, e que sejam membros de famílias com renda per capta de até um salário mínimo.

Planteq – As ações de qualificação social e profissional são implementadas de forma descentralizada, por meio de Planos Territoriais de Qualificação – PlanTeQ’s, em parceria com o Governo Federal e entidades sem fins lucrativos. O objetivo dos Planos Territoriais é atender demandas por qualificação identificadas com base na territorialidade, na necessidade local de qualificação.