João Pessoa
Feed de Notícias

Governo inicia distribuição de kits medidores do Programa Tarifa Verde

segunda-feira, 29 de julho de 2013 - 12:53 - Fotos: 

O Governo da Paraíba, por meio da Secretaria do Desenvolvimento da Agropecuária e Pesca (Sedap) e sua vinculada Emater, começou a distribuição de kits medidores para agricultores familiares beneficiários do Programa Tarifa Verde em todo o Estado.

O primeiro contemplado foi o agricultor Rivaldo dos Santos Nascimento, do sítio Camará, município de Remígio, região do Brejo. Ele recebeu o kit das mãos do secretário Marenilson Batista, que estava acompanhado do coordenador Demilson Lemos e do responsável pelo programa na Emater, Itaragil Marinho. Agricultores da comunidade Caina também prestigiaram o evento.

Rivaldo disse que a instalação do medidor Tarifa Verde vai beneficiar sua produção agrícola quanto a otimização da irrigação nos seus 3,5 hectares, onde produz frutas como laranja pera, tangerina, banana, abacate e jaca, que comercializa na feira livre e entrega ao banco de alimentos Mesa Brasil do Sesc em Campina Grande, dentro do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

O agricultor entregava frutas à Prefeitura de Remígio, quando foi selecionado em um projeto do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) e recebeu cerca de R$ 5 mil. “Coisa que nunca tinha acontecido antes com os agricultores da minha região. Agora estou me preparando para um projeto do PAA e espero receber R$ 6,5 mil em um ano, e com a ajuda do Tarifa verde, vou poder garantir a produção de frutas durante em períodos de seca”, comemorou.

Agroecologia – Produzindo dentro dos princípios da agroecologia, Rivaldo implantou em seu sítio um Sistema Agroflorestal (SAF) e possui áreas de agricultura de segurança alimentar onde produz feijão milho, e fava, além das árvores frutíferas e florestais que possibilitaram a recuperação de duas nascentes onde a água é canalizada para um pequeno barreiro e aproveitada na irrigação.

Na avaliação do técnico da Emater e responsável pelo programa, Itaragil Marinho, o Tarifa Verde vai possibilitar significativo aumento na renda familiar do agricultor Rivaldo, já que os custos com a irrigação serão reduzidos drasticamente.

Conde – O agricultor Ermenegildo dos Santos, mais conhecido por Baiano, do município do Conde, Litoral Sul do Estado, também foi contemplado com um kit Tarifa Verde. Ele explora, no assentamento Dona Antônia, 4,5 hectares de frutas e hortaliças, que fornece ao PAA, além da criação de vacas leiteiras para consumo próprio.

Para seu Ermenegildo, que diz acordar às quatro da manhã para fazer a irrigação de sua unidade produtiva, a grande preocupação dele e dos agricultores vizinhos é quanto a insuficiência da rede local de distribuição de energia, principalmente agora, que além de ter sido beneficiado com o kit medidor Tarifa Verde, comprou mais equipamentos para aumentar a área irrigada.

O kit medidor do Tarifa Verde custa em média R$ 1,1 mil reais, mas pode ser adquirido gratuitamente por agricultores familiares que tenham Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP), que aderirem ao programa, realizando um simples cadastro junto aos escritórios da Emater de seu município. Para tanto, basta levar cópia do RG e do CPF e de um comprovante de residência (pode ser da conta de luz). Os técnicos da Emater verificarão a veracidade das informações dos agricultores no cadastro e, após seleção da Sedap, caberá à Energisa a instalação do kit Tarifa Verde.

Cadastro - Os técnicos da Emater já cadastraram mais de 300 agricultores familiares irrigantes, em 45 municípios. A meta, até 2015, é cadastrar e atender quatro mil. O Programa Tarifa Verde foi lançado há pouco mais de um mês pelo governador Ricardo Coutinho.