Fale Conosco

7 de novembro de 2011

Governo inicia capacitação sobre sistema de informações e controle de vacinação



A Secretaria de Estado da Saúde (SES) iniciou, nesta segunda-feira (7), na cidade de Piancó, os treinamentos de qualificação para profissionais de nível superior na aplicação da vacina BCG (contra a tuberculose) e no teste tuberculínico (PPD), além de implantação do Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunização (SI-PNI) em todo o Estado. Os profissionais dos 18 municípios da 7ª Gerência Regional de Saúde estão participando da capacitação, que continua até a próxima sexta-feira (11).

O treinamento já foi realizado com enfermeiros nos municípios que compõem a 9ª Regional de Saúde com sede em Cajazeiras, em Princesa Isabel (11ª  GRS), Catolé do Rocha (8ª GRS) e Cuité (4ª GRS). Já a capacitação que estava prevista para acontecer na 10ª Regional de Saúde, em Sousa, foi transferida para a 1ª Gerência, em João Pessoa, e será realizada do dia 21 a 25 deste mês. As outras etapas acontecerão de 12 a 16 de dezembro na 12ª Regional de Saúde, com sede em Itabaiana.

“Após serem qualificados, esses profissionais atuarão como agentes multiplicadores nos municípios jurisdicionados por cada gerência de saúde”, disse a coordenadora do Núcleo de Imunização, Missânia Moreira. Segundo ela, o novo Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunização (SI-PNI) facilitará o controle e acompanhamento da vacinação. “Com esse sistema vamos saber a quantidade de doses que foram aplicadas, quantas ainda há no estoque e quantas foram inutilizadas. Vamos ter maior controle sobre como está o trabalho de imunização e da saúde da população de nosso Estado”.

Virtual – O novo sistema de informação é online, individualizado e com o banco de dados centralizado no Ministério da Saúde. De acordo com Missânia, com esse sistema a perda do cartão de vacina não será mais problema.

“Pelo nome da criança, o profissional de saúde de qualquer cidade ou estado onde o programa esteja implantado vai saber quais as vacinas que ela já tomou e as que ainda faltam”, explicou. Outra vantagem com o novo sistema é que a SES terá mais controle para evitar o desperdício do imunizante, como também vai diminuir o uso de impressos.

 

Conforme o cronograma da SES, até dezembro deste ano serão capacitados os municípios que pertencem às 4ª, 8ª, 9ª, 10ª e 12ª Gerências Regionais de Saúde.