Fale Conosco

29 de março de 2016

Governo incentiva professores e alunos a participarem de Olimpíada de Língua Portuguesa



Continuam abertas, até o dia 30 de abril, as inscrições para a 5ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa “Escrevendo o Futuro”, parceria da Fundação Itaú Social com o Ministério da Educação (MEC). O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação (SEE), vem incentivando professores e alunos a participarem da iniciativa, que busca desenvolver as competências da escrita junto aos estudantes e contribuir com a melhoria do ensino público da Língua Portuguesa em todo o País.

A Olimpíada de Língua Portuguesa tem ciclo de dois anos. No primeiro, realiza o concurso de produção de textos com os alunos do Ensino Fundamental II e Ensino Médio. O ano seguinte é dedicado à formação de docentes, por meio de cursos presenciais e à distância, realização de estudos e pesquisas, elaboração e produção de recursos e materiais educativos.

As inscrições são realizadas no Portal “Escrevendo o Futuro” (www.escrevendoofuturo.org.br). A plataforma, dedicada ao Programa, oferece um ambiente virtual de aprendizagem, com cursos online, material formativo, espaços de discussão, recursos interativos e notícias, além de uma seção exclusiva que apresenta todas as informações sobre a Olimpíada.

“O principal objetivo da olimpíada é mobilizar os professores para o ensino da Língua Portuguesa e oferecer formação ao docente para o ensino da produção de textos de forma diferenciada. O concurso é uma estratégia que permite a mobilização das escolas em todo o país”, explicou a superintendente da Fundação Itaú Social, Angela Dannemann.

Os professores podem inscrever trabalhos em quatro gêneros: Poemas para alunos do 5º e 6º anos do Ensino Fundamental; Memórias Literárias para o 7º e o 8º anos; Crônica para o 9º e o 1º ano do Ensino Médio e Artigo de Opinião para os estudantes do 2º e 3º anos do Ensino Médio. As escolas terão até o dia 19 de agosto para encaminhar os textos às comissões julgadoras. Na última edição da Olimpíada de Língua Portuguesa “Escrevendo o Futuro”, em 2014, participaram mais de cinco milhões de alunos, de 5.015 cidades, ou seja, mais de 90% dos municípios brasileiros.

Seleção e premiação – A avaliação dos textos começa pela comissão escolar, que fará a seleção das melhores produções no período de 10 a 19 de agosto. Em seguida, acontecem as etapas municipal e estadual. Deste processo, serão escolhidos os 500 trabalhos que seguirão para a semifinal, sendo 125 de cada gênero. As comissões julgadoras são compostas por representantes de pais e alunos, membros da comunidade, especialistas de universidades, representantes das instituições parceiras, do MEC e da Fundação Itaú Social.

Nessa etapa, o grupo é dividido por gênero para a realização dos encontros regionais, que este ano devem ocorrer em Fortaleza (CE), Salvador (BA), Porto Alegre (RS) e São Paulo (SP). Na oportunidade, professores e alunos semifinalistas receberão medalhas de bronze, livros e participarão de atividades de formação, como oficinas de leitura e escrita e visitas culturais.

Para a final da Olimpíada, programada para acontecer no mês de dezembro, em Brasília (DF), serão selecionados 152 textos, sendo 38 de cada gênero. Os finalistas receberão medalha de prata, tablet e R$ 350,00 em vale para a compra de livros. No dia 2 de dezembro acontecerá a cerimônia de premiação, na qual serão revelados os 20 ganhadores, sendo cinco de cada categoria, que, além da medalha de ouro, levarão para casa um notebook e uma impressora. Suas escolas serão contempladas com laboratórios de informática (compostos por dez computadores e uma impressora), projetor, telão e livros para a biblioteca.