João Pessoa
Feed de Notícias

Governo incentiva pesca em Cabedelo com recursos do Empreender-PB

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014 - 09:33 - Fotos:  Francisco França / Secom-PB

Atracou na tarde dessa segunda-feira (17), no terminal pesqueiro de Cabedelo, o barco de pesca oceânica Coopa II, trazendo a bordo 7,3 toneladas de pescado, entre eles, o atum tipo exportação. Cerca de 18,3 toneladas de pescado já foi comercializado após as viagens realizadas no barco equipado com investimento de R$ 206 mil do Governo do Estado, por meio do Empreender Paraíba.

A terceira viagem dos 11 tripulantes da cooperativa passou 10 dias em alto mar, há 863 quilômetros da costa paraibana. O presidente da Coopa (Cooperativa dos Armadores de Pesca e Aquicultores da Paraíba), Jamil Rabay, disse que a meta é chegar a 16 lançamentos em alto mar num prazo de 25 dias, para trazer uma média de 25 toneladas de pescado por viagem, carga máxima do navio.

É de fundamental importância esse investimento que o Governo do Estado está nos dando com a oportunidade de avançar. Queremos já em abril pagar a primeira parcela do crédito, mesmo com a carência pra vencer só em agosto. Com isso, provamos a viabilidade do investimento realizado aqui por meio do Empreender Paraíba”, ponderou.

A cooperativa já tem 10 anos de fundação e 24 cooperados, pescadores que atuam também com a pesca artesanal. De acordo com Jamil, o atum, principal elemento da pesca, passa por um processo de seleção para ser comercializado. “Os atuns que pesam acima de 65 quilos seguem para o Rio Grande do Norte resfriado no gelo e passam por uma análise para ser determinado o preço, que varia de 14 a 60 reais o quilo”, afirmou.

Segundo Jamil, o atum que fica no Estado é comercializado no mercado de Cabedelo junto com os outros tipos de peixes chamados de fauna acompanhante, como o meca, dourado, cinco tipos diferentes de cavala, cação e tubarão.

O crédito – A liberação de R$ 206 mil em créditos do Empreender-PB para a Coopa aconteceu no dia 8 de novembro do ano passado, numa solenidade com o governador Ricardo Coutinho, que na ocasião entregou R$ 400 mil, beneficiando 213 empreendedores, entre comerciantes locais, pescadores e artesãos.