João Pessoa
Feed de Notícias

Governo incentiva cultivo da cultura de abacaxi na Paraíba

segunda-feira, 8 de junho de 2015 - 16:58 - Fotos: 

Uma parceria do Governo do Estado com a empresa de sucos Suconor S/A, por meio da Gestão Unificada da Emater, Emepa e Interpa (GU), vinculada à Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e Pesca (Sedap), vai garantir a revitalização da cultura do abacaxi na Paraíba, com tecnologia para agricultores interessados no cultivo e produção de frutos de qualidade para consumo in natura e industrial, com responsabilidade ambiental.

Na manhã desta segunda-feira (8), o diretor técnico da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural da Paraíba (Emater), Vlaminck Saraiva, reuniu, na sede do Instituto de Terras e Planejamento Agrícola do Estado (Interpa), técnicos do Grupo de Estudos Ambientais e Prospecção (Geap) para discutir as novas tecnologias a serem implementadas.

A ação terá inicio com a instalação de uma unidade demonstrativa de dois hectares de abacaxi da variedade Pérola, na Estação Experimental da Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária (Emepa), em Sapé, onde serão repassados aos agricultores os ensinamentos sobre todas as técnicas de cultivo, a partir do preparo do solo até a comercialização. Cabe à Emater selecionar e dar assistência continuada aos abacaxicultores.

A ideia, conforme informou o pesquisador da Emepa e especialista em abacaxi, Eliazar Felipe de Oliveira, é alavancar a cultura no Estado e garantir o seu retorno na liderança de maior produtor da fruta no País.   Segundo ele, a Paraíba, que levou tecnologia para vários estados das regiões Norte e Nordeste, hoje importa suco do Tocantins para suprir as suas indústrias.

Em sua apresentação, o pesquisador da Emepa explicou também sobre a importância de se escolher criteriosamente as mudas que serão utilizadas para evitar a tão temida fusariosa, doença que afeta as plantações de abacaxi. “Uma muda doente pode expandir a contaminação em grande parte da lavoura”, informou.

Sob orientação da Gestão Unificada, a cultura do abacaxi é trabalhada em 36 municípios das regiões administrativas de João Pessoa, Guarabira e Itabaiana, e contempla centenas de agricultores familiares, com uma média de cinco empregos por hectare, totalizando 60 mil empregos diretos e indiretos. Hoje o plantio é em torno de dez mil hectares e os maiores produtores da fruta no Estado são Araçagi, Itapororoca, Santa Rita, Pedras de Fogo e Lagoa de Dentro.

Participaram da reunião, além do diretor técnico e do coordenador de Operações da Emater, Vlaminck Saraiva e Alexandre Alfredo, os técnicos Verneck Abrantes de Sousa, Ely Martins de Lima, Everton Bronzeado, Flávio Muller e José Geraldo Rodrigues dos Santos.