João Pessoa
Feed de Notícias

Governo incentiva agricultura familiar no Sertão paraibano

sexta-feira, 30 de agosto de 2013 - 11:45 - Fotos: 

O Governo do Estado, por meio da Emater, incentiva o desenvolvimento da agricultura familiar no Sertão paraibano. Um dos casos de sucesso é o do agricultor familiar Francisco Soares Diniz Filho. Ele possui um hectare de terra, no sítio Laje, no município de Riacho dos Cavalos e aumentou a renda mensal com a produção agroecológica, a criação de galinha e fabricação de queijo.

Orientado pelos extensionistas da Emater, o agricultor decidiu comprar uma parte das terras onde trabalhava. Uma área inóspita e degradada, com vegetação devastada e pouca água. “Queria ter meu pedaço de terra e confiamos na orientação dos técnicos. O resultado está ai. Já pensamos comprar mais uma área para ampliar as atividades”, afirmou.

Por meio de um poço artesiano, Francisco garante a irrigação de suas plantações e conserva o tanque com água para a criação de peixes. Já para consumo da família, o abastecimento é feito por meio de uma cisterna. Com financiamento agrícola encaminhado pela Emater, na pequena área o agricultor familiar cultiva feijão, batata, milho, banana, tomate, jerimum, melancia, maxixe, coentro e alface.

Para manter a vaca que produz 20 litros de leite diários e garante a fabricação de seis quilos de queijo de coalho, ele plantou capim elefante em torno do tanque, mantém plantio de palma, sorgo e comprou uma forrageira para preparar feno que alimentam os animais em período de estiagem. Além da vaca, ele cria um rebanho de dez ovelhas da raça Santa Inês e várias aves.

A meta agora é se credenciar para comercializar a produção ao Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e com isso garantir uma renda extra para a família. Também planeja iniciar a criação de galinha de capoeira em escala maior, seguindo o modelo de outros agricultores familiares assessorados pela Emater.

O extensionista rural Edvaldo Aquino Diniz, chefe do escritório da Emater em Riacho dos Cavalos, na região administrativa da Emater em Catolé do Rocha, destacou que o exemplo de Francisco demonstra que, com determinação, é possível transformar um pequeno pedaço de terra em um oásis no Semiárido. “Com esforço, ele transformou a terra desértica numa pequena área verde”, comentou.