João Pessoa
Feed de Notícias

Governo inaugura UPA de Monteiro e beneficia oito municípios do Cariri

quinta-feira, 28 de junho de 2012 - 20:34 - Fotos:  Alberi Pontes/Secom-PB

A cidade de Monteiro, no Cariri paraibano, ganhou, nesta quinta-feira (28), uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas, no seu aniversário de 140 anos de emancipação política. A UPA, localizada no bairro do Altiplano, foi inaugurada pelo governador Ricardo Coutinho e pela prefeita de Monteiro, Edna Henriques, e beneficiará 61 mil pessoas das cidades de Zabelê, São Sebastião de Umbuzeiro, Camalaú, São João do Tigre, Prata, Ouro Velho e Monteiro.

A UPA de Monteiro é a quinta instalada no Estado e se junta as já em funcionamento em Guarabira, Campina Grande, Pombal e João Pessoa. A instalação da UPA é resultado de uma parceria entre os Governos do Estado, Federal e Municipal num investimento de R$ 2,4 milhões, sendo R$ 1,4 milhão pelo Ministério da Saúde; R$ 300 mil pelo Governo do Estado, e R$ 700 mil pelo município de Monteiro.

Durante a inauguração, o governador Ricardo Coutinho e a prefeita Edna Henrique se comprometeram em investir no custeio da unidade. Para garantir o funcionamento serão investidos R$ 300 mil por mês, sendo R$ 100 mil do Governo estadual, R$ 100 mil do Governo federal e R$ 100 mil da prefeitura.

O governador Ricardo Coutinho disse que com a entrega deste equipamento a prefeitura completa o sistema de saúde com unidades básicas de saúde, a atenção média com a UPA 24 horas e o Samu e o Hospital Regional Santa Filomena.

Ricardo anunciou para este ano a conclusão da reforma do Hospital Regional de Monteiro, que representa um investimento de R$ 4,4 milhões pelo Governo do Estado. “Monteiro vai ter alta, média e baixa complexidade numa parceria importante entre o município e o Estado porque é assim que deve ser. A Prefeitura de Monteiro assume integralmente o seu sistema de saúde e o maior beneficiado disso é a população não só do município como da região que encontrará aqui o atendimento”, afirmou o governador.

A prefeita de Monteiro, Edna Henrique, destacou que a UPA representa um esforço muito grande do município, do Estado e do Governo Federal porque é um equipamento de alto custo devido ao nível de aparelhamento e da quantidade de funcionários. “É um esforço que beneficiará toda uma região justamente na questão da urgência e emergência que estava concentrada no Hospital Regional. Se não fosse os investimentos do Governo Federal, Estado e município não íamos conseguir colocar o serviço em funcionamento. Isto prova que estamos no caminho certo”, explicou.

Conquista – O secretário de Saúde do Estado, Waldson Dias de Souza, disse que a inauguração da UPA representa uma conquista muito grande para a região porque organiza a urgência e emergência e regulamenta a porta de entrada dos hospitais, criando um cenário de organização da rede de saúde. “É importante destacar que a UPA não é um hospital ou Posto de Saúde da Família (PSF), mas um suporte assistencial para urgências e emergências clínicas, evitando que o usuário faça uso dos hospitais de maior complexidade do Estado. O objetivo é resolver mais de 80% dos casos que derem entrada, além de reduzir o número de transferência de pacientes”, explicou o secretário.

Waldson adiantou que o principal foco da UPA é atender os casos de urgência em que a distância ou a demora tendem a causar um maior prejuízo ao estado clínico do paciente. “Com isso, pode-se diminuir o excesso de pacientes nos hospitais e fornecer um atendimento de melhor qualidade aos pacientes”, argumentou.

Estiveram presentes à solenidade a diretora administrativa da unidade, Adalgisa Maria Gadelha Granjeiro, a coordenadora da UPA, Ana Paula, a diretora da urgência e emergência, Micheila Henrique, e a secretária de Saúde de Monteiro, Beatrice Moreira, além de lideranças políticas da região.

A dona de casa Valdenice Alves Lima, moradora de Monteiro, disse que a obra é importante para os atendimentos de urgência que necessitam de um equipamento moderno. O comerciante Geraldo Alves disse que com a UPA e o Samu os atendimentos de urgência ficam bem mais rápidos e seguros. “O Hospital regional de Monteiro vive lotado e agora teremos esse atendimento de qualidade aqui sem precisar ir para Campina Grande”, comemorou.

Como funciona – A UPA de Monteiro prestará atendimento de clínica geral e pediatria, disponibilizando, para isso, dois consultórios médicos e uma área de observação com três leitos para pediatria, seis leitos para clínica médica e dois leitos de atendimento de emergência na denominada sala vermelha, onde ficarão instalados equipamentos que possibilitarão um atendimento de qualidade aos pacientes mais graves. Também serão oferecidos exames de raios-X, eletrocardiograma e exames laboratoriais.

Todos os dias, uma equipe composta de um clínico geral, um pediatra, um assistente social, três enfermeiros plantonistas, um bioquímico e técnicos de enfermagem estarão à disposição da população. Antes do atendimento, os pacientes passarão por uma triagem de classificação de risco (azul- ambulatório); verde- urgência relativa); (amarelo- urgencia maior) e (vermelho-emergência), com a finalidade de priorizar os casos mais graves

A unidade funcionará 24 horas e 100% informatizada, o que vai garantir a implantação do prontuário eletrônico, serviço que fortalece a segurança das informações dos pacientes, proporciona um atendimento mais rápido e eficiente. Será realizada uma média de três mil atendimentos mensais, sendo 100 atendimentos por dia.