Fale Conosco

27 de abril de 2012

Governo inaugura maternidade de alta complexidade em Patos



O governador Ricardo Coutinho inaugura neste sábado (28), às 09h30, na cidade de Patos,  as obras de ampliação da maternidade Peregrino Filho. A unidade de saúde, que antes tinha 54 leitos, passa a funcionar com mais 55 novos leitos, totalizando 109 e vai beneficiar mais de 905 mil pessoas de 90 municípios do Sertão e Alto Sertão paraibano. A previsão da secretaria de Estado da Saúde é que cinco mil partos, entre cesarianos e normais, sejam realizados anualmente na maternidade.

Em obras desde Novembro de 2001, a unidade, abrangerá uma área total de 4.667 mil metros quadrados, sendo 1.917 metros em reforma e 2.750 em ampliação.

A maternidade vai contar com duas UTI’S  sendo uma materna com sete leitos e outra neonatal com 10 leitos. Também passam a funcionar os serviços de mamografia. Nas obras foram investidos R$ 6,7 milhões e R$ 27,6 milhões do tesouro estadual serão empregados anualmente para manutenção da unidade – em recursos humanos, medicamentos e insumos. Tudo para que se efetive o projeto de ampliar o acesso ao atendimento à saúde da mulher de maneira integral, além de assegurar o atendimento às parturientes de alto risco, o que não acontecia anteriormente.

Os serviços de reforma foram executados no banco de leite, nas enfermarias, laboratórios, ala de esterilização, administração, atendimento, raios-X, consultórios, observação, apartamentos e sala de repouso dos funcionários.

Na ampliação, as melhorias foram realizadas nos setores de enfermaria (52 leitos); garagem; almoxarifado; cozinha; medicamentos; saneantes; arquivo; bloco cirúrgico; salas de PPP (pré-parto, parto e pós-parto); sala de UCI (unidade de cuidados intermediários); UTI de adultos, isolamento e neonatal; rampa de acesso; subestação; gerador; sistema de tratamento de esgoto (composto de tanque séptico, filtro e valas de infiltração) e sistema de condicionamento de ar.

Para o governador Ricardo Coutinho, a ampliação da nova maternidade representa o resgate do serviço público de qualidade. “Devolveremos para a população uma obra de primeira linha, serviços de alta complexidade. Estamos falando de qualidade de vida, de perspectivas, de uma vida digna.”, avalia o chefe do executivo.

Além dos leitos, a maternidade passa a ter consultórios ginecológicos, salas para coleta de leite humano e cirurgias, centro de parto normal, laboratório de análises clínicas entre outras dependências visando atendimento integral à saúde da mulher.

Segundo o secretário de Estado da Saúde, Waldson Dias de Souza, obras do porte da maternidade de Patos mostram os avanços na área da saúde e a preocupação do governo do Estado com a população. “O Governo está realmente preocupado com a vida e a saúde da população paraibana. A prova disso é o investimento na maternidade de Patos. Investimos em hospitais, ampliando a oferta dos serviços, e superando as condições em que eles se encontravam no início da gestão. Não temos medido esforços para reduzir as taxas de mortalidade, essa é uma das metas do Governo”, concluiu o secretário.

A maternidade Peregrino Filho deve se firmar como ponto de referência para a Rede Cegonha, programa do governo federal composto por um conjunto de medidas que visam garantir às brasileiras segurança desde a descoberta da gravidez e combater práticas que influenciam as taxas de mortalidade materna e infantil.

Com os investimentos, a maternidade vai estar capacitada para atender procedimentos de alto risco, o que não acontecia anteriormente. A expectativa é que a unidade hospitalar se torne referência no Estado. “Antes, quando o parto era considerado de alto risco, tínhamos que encaminhar a mãe e\ou filho para João Pessoa ou Campina Grande e agora isso não vai mais acontecer porque temos profissionais qualificados e equipamentos de última geração para atender a esse tipo de caso”, disse a diretora da maternidade Sílvia Ximenes Oliveira.

A unidade de saúde vai dispor de uma UTI móvel materna e neonatal para atender não só a região de Patos, mas também de outros municípios do Sertão. “Por exemplo, se uma mãe e\ou bebê estiverem em Cajazeiras com problemas sérios de saúde e sem condições de transferência em uma ambulância comum nós nos encarregamos de fazer a transferência aqui para Patos de forma segura, já que o veículo possui todos os equipamentos necessários para atender os pacientes em qualquer necessidade”, disse a diretora.

“A estruturação da maternidade tem fundamental importância para que as mulheres da região de Patos e do Alto Sertão paraibano tenham acesso a um serviço de referência em pré-natal de alto risco e com qualidade na região”, destacou Patrícia Assunção, gerente executiva de Atenção à Saúde da secretaria de Estado da Saúde.

Cardíacas – Sílvia Ximenes explicou também que desde o mês de outubro do ano passado a maternidade vem fazendo o diagnóstico precoce de problemas cardíacos em crianças. Para este serviço, os profissionais foram capacitados pela Associação Círculo do Coração, de Pernambuco, que mantém convênio com o Governo do Estado.

O Governo do Estado criou, em apenas 15 meses de gestão, um total de 378 leitos hospitalares em unidades de saúde paraibanas que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Outra ação – Ainda em Patos, o Governo do Estado estará entregando cerca de 5 mil Kits do projeto “Olimpíada de combate Dengue’ que contempla crianças na faixa etária entre sete e dez anos e que estejam na escola. Esse trabalho de educação e prevenção junto a crianças começou no último trimestre do ano passado e já atendeu a vários municípios das regiões do Brejo e do Sertão.

O projeto tem o objetivo de envolver a criança na prevenção e combate a dengue. “O que elas aprendem na escola levam para casa e cobram dos pais, dos vizinhos e dos colegas bons hábitos e costumes”, justificou a gerente executiva de Vigilância em Saúde da secretaria de Estado da Saúde, Júlia Vaz. O material consta de um jogo de tabuleiro, um quebra-cabeça e um jogo da memória, todos enfocando as formas de prevenção e combate a doença.

Para Júlia Vaz é importante esse trabalho educativo porque temos que conscientizar as crianças desde cedo no combate à doença. “Vamos educar as crianças e permitir que elas cresçam com a responsabilidade de também participar de ações de saúde”, finaliza Júlia Vaz.

Serviço - A maternidade Peregrino Filho fica localizada na rua Elias Asfora, no bairro Jardim Guanabara. Os telefones de contato são: (083) 3421-3601/3423-2402.