João Pessoa
Feed de Notícias

Governo inaugura a 37ª feira de agricultura familiar em três anos

terça-feira, 18 de julho de 2017 - 11:13 - Fotos:  Secom-PB

A Feira de Agricultura Familiar agora chega para trabalhadores do município de Bonito de Santa Fé, no Sertão. Esta é a 37ª unidade nesta modalidade implantada pelo Governo do Estado por meio da Gestão Unificada Emepa/Interpa/Emater, vinculada à Sedap, nos últimos três anos. Já existem 54 unidades em funcionamento desde a implantação do projeto há 20 anos.

A feira, que funcionará toda sexta-feira, 20 produtores se dividem em dez barracas onde negociam produtos agrícolas e animais. A agricultura Magleide Arruda Ribeiro, do Assentamento Bartolomeu, onde foi implantado pelo Governo do Estado o Projeto Ecoprodutivo está entre os agricultores que vendem frutas, hortaliças, galinha, ovos, doces diversos, fava, feijão seco, pimenta, produtos derivados do leite e do milho.

O coordenador estadual das Feiras dos Agricultores da Emater, Severino Henriques de Lima, disse que o esforço do órgão para implantar as feiras tem objetivo de criar espaços e oportunidade de comercialização para os produtores rurais familiares.

O prefeito de Bonito de Santa Fé, Francisco Carlos de Carvalho, disse que a feira é um instrumento importante para a microeconomia local, sobretudo num momento de crise como o atual. “É mais uma alternativa para essas famílias”.

Na inauguração da feira também esteve presente o representante da paróquia, padre Francisco Mendes, além de secretários municipais de agricultura, saúde e educação. Representações dos municípios de São José de Piranhas, Conceição e de Triunfo também estiveram presentes para tomar conhecimento do funcionamento das feiras dos agricultores, uma vez que também pretendem implantar em suas cidades.

O agricultor Erinaldo Alves da Silva, do Sítio Pereiros, já comercializa sua produção nas feiras livres de Bonito de Santa Fé e Conceição e, agora, ganhou mais um espaço para ampliar a freguesia. “É mais uma opção para quem trabalha no campo, mas não tinha onde vender seus produtos”, comentou. Sentimento igual foi compartilhado por outros produtores rurais que vendem em suas residências, ou de porta em porta.

O presidente da Associação de Apicultores do Sítio Pau D’arco, Luis Fernando de Lima, acredita que, com as chuvas e a chegada da florada da vegetação, a apicultura pode produzir mais. Disse que com a parceria da Emater está diversificando a produção com novas tecnologias de manejo, troca da abelha rainha, de colmeias e a divisão de enxames. Tudo para atingir o máximo possível das colmeias.