Fale Conosco

19 de março de 2014

Governo implanta polo de projeto de inclusão pela música em Bayeux



ricardo na apresentacao da ospb jovem prima no mosteiro de sao francisco foto francisco franca 76 270x179 - Governo implanta polo de projeto de inclusão pela música em BayeuxO Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura, vai implantar mais um polo do Programa de Inclusão da Música e das Artes (Prima). A cidade contemplada desta vez é Bayeux, onde o programa vai atender cerca de 350 estudantes. O Prima é um projeto de formação de orquestras jovens, que também inclui corais e bandas, e está presente em nove cidades da Paraíba, beneficiando cerca de 1.200 crianças e adolescentes. Para a implantação do novo polo, serão investidos R$ 570 mil oriundos de um convênio assinado entre a Secretaria de Estado da Cultura e o Ministério da Justiça.

De acordo com o diretor executivo do Prima, músico e compositor Milton Dornelas, os recursos para aquisição dos instrumentos do polo de Bayeux já estão empenhados e o processo de licitação está em tramitação. O Ministério da Justiça e o Governo da Paraíba escolheram seis cidades para implantar os polos com base no Programa Brasil Mais Seguro, do Ministério da Justiça. São elas: Cabedelo, João Pessoa, Santa Rita, Campina Grande, Patos e Bayeux.

ricardo na apresentacao da ospb jovem prima no mosteiro de sao francisco foto francisco franca 11 270x179 - Governo implanta polo de projeto de inclusão pela música em BayeuxO maestro Alex Klein, responsável pela implantação, gestão e acompanhamento pedagógico do programa, avalia que o polo de Bayeux será bem-vindo. “Estamos felizes e imensamente gratos ao Ministério da Justiça pela confiança depositada em nosso programa. O Prima será ampliado em 2014, com a formação de uma ou duas dezenas de grupos orquestrais ao redor do Estado. O polo de Bayeux se soma ao corredor oeste, que inclui os polos do Bairro dos Novaes, Alto do Mateus e Tibiri. O Prima faz sua parte ao elevar a qualidade de vida e principalmente trazer uma opção a centenas de jovens e crianças”, comentou.

O polo de Bayeux receberá mais de cem instrumentos, patrimônio que levará à formação de uma orquestra sinfônica na cidade. Além da orquestra, com os equipamentos disponíveis, ainda poderão ser criadas a orquestra jovem, orquestra infantil, bandas e corais de jovens e adultos. A experiência dá continuidade ao método pedagógico e de gestão que tem sido aplicado nos outros polos.

ricardo na apresentacao da ospb jovem prima no mosteiro de sao francisco foto francisco franca 75 270x179 - Governo implanta polo de projeto de inclusão pela música em BayeuxAtualmente estão contemplados com o Prima os municípios de Cabedelo, João Pessoa (Mandacaru, Bairro dos Novais, Alto do Mateus, Tibiri), Guarabira, Campina Grande, Patos, Catolé do Rocha, Itaporanga e Cajazeiras, contabilizando 11 polos principais e uma totalidade de 21 centros de ensino sócio-musical, levando em consideração os polos satélites formados em algumas comunidades, através de parcerias com os próprios moradores, projetos e associações já existentes. Conheça mais sobre o projeto no blog www.primaparaiba.blogspot.com

Até o momento, mais de R$ 5 milhões foram investidos na compra dos instrumentos, através das Secretarias de Estado da Educação e da Cultura. O Prima tem como seu principal indicador de sucesso o desempenho escolar dos jovens envolvidos. Segundo o maestro, é recorrente o elogio dos diretores das escolas onde estão instalados os polos aos alunos que participam do programa.

Para o diretor executivo do Prima, Milton Dornellas, o sucesso se dá pelo seu caráter cidadão e de inclusão social. “O Prima é a reafirmação do exercício de cidadania. Oferece através da música e das artes o exercício de convivência, disciplina, melhor rendimento escolar e desenvolvimento do pensamento crítico. O objetivo do Prima não é formar músicos, mas fortalecer a caminhada para que tenham condição de fazer opções de vida profissional em qualquer área”, explicou.

ricardo na apresentacao da ospb jovem prima no mosteiro de sao francisco foto francisco franca 5 270x179 - Governo implanta polo de projeto de inclusão pela música em BayeuxApresentações – Com o amadurecimento das turmas hoje existentes, o Prima tem se apresentado publicamente, mostrando o desenvolvimento dos jovens em formação. Em outubro do ano passado, o polo de ensino de Jacaré/Renascer (Cabedelo) fez duas apresentações no Recife, sendo uma na American School of Recife e outra no Instituto Ricardo Brennand. O evento foi idealizado pela professora Lucíola Fernandes, coordenadora do polo. Em novembro, durante a abertura do 8º Fórum Internacional de Desenvolvimento Territorial, em Campina Grande, o Prima foi apresentado através da JOC – Jovem Orquestra de Cabedelo, coordenada pela professora Mélani Granzel.