João Pessoa
Feed de Notícias

Governo firma parceria para implantar projeto de criação de peixe Pirarucu

segunda-feira, 8 de julho de 2013 - 10:11 - Fotos: 

A Paraíba terá um projeto de criação de peixe Pirarucu e Tilápia, em escala comercial, a ser implantado no município de Bananeiras. A ação será realizada a partir de uma parceria entre o Governo do Estado, por meio da Secretaria Executiva da Pesca e Emater, com o Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (Dnocs), prefeitura municipal e a Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Uma estação de piscicultura para produção de alevinos será instalada.

Em Bananeiras já existe a prática de piscicultura, inclusive com uma associação de pescadores com 31 associados que, atualmente, já estão trabalhando com pescado. A meta é chegar a mil toneladas de peixe nos próximos anos, quando o projeto estiver em pleno funcionamento, aproveitando as águas das nascentes e reservatórios.

Na semana passada, o assunto foi debatido durante um encontro em Bananeiras, com a diretora do Ministério da Pesca, Roseli Zerbinato; prefeito municipal Douglas Lucena; coordenador Estadual da Piscicultura da Emater, veterinário Lino Gonçalves; secretário executivo da Pesca da Paraíba, Sales Dantas, e outros técnicos e agricultores interessados na produção de peixe.

Visando viabilizar o projeto, uma equipe técnica dos extensionistas da Emater – composta por Lino Gonçalves e pelo chefe da Unidade Operativa da Emater em Bananeiras, Manuel Alves – visitou, no mês passado, a Estação de Pesquisa de Piscicultura do Dnocs, no município de Pentecostes, no Ceará, para conhecer novas técnicas de manejo, beneficiamento da Tilápia e do Pirarucu, além dos contatos com o Centro de Capacitação, em busca de cursos para estudantes, piscicultores e os técnicos da Emater da Paraíba.

A iniciativa, que tem a supervisão do coordenador de Operações da empresa, Jailson Lopes da Penha, conta com o incentivo da diretoria colegiada da Emater, composta do presidente Geovanni Medeiros, do diretor técnico Erasmo Lucena e do diretor administrativo Francionildo Araújo.

Na Estação de Pesquisa de Piscicultura do Dnocs, Lino e Manuel foram recebidos pela chefe do Centro de Pesquisas em Aquicultura, Maria Inês da Silva Nobre e, também, pela coordenadora de Estágio e Capacitação de Técnicos, Estudantes e Piscicultores, Maria do Socorro Chacon, que se mostraram receptíveis à proposta da Paraíba.

A iniciativa conta com o incentivo da diretoria colegiada da Emater e apoio irrestrito do prefeito municipal, que reconhece neste projeto uma oportunidade de melhorar a renda dos agricultores da região.