Fale Conosco

26 de setembro de 2011

Governo faz compra pelo PAA e beneficia pequenos agricultores de Caaporã



O Governo do Estado adquiriu na manhã desta segunda-feira (26) seis toneladas de macaxeira, inhame, frutas e verduras de 35 pequenos agricultores do assentamento Capim de Cheiro, na cidade de Caaporã.

Os alimentos, comprados por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), coordenado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Humano, serão doados a 20 entidades sociais e programas que contemplam ações do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) como o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), Centro de Referência de Assistência Social (Cras), ProJovem Adolescente, Caps e hospitais de Caaporã.

A compra rendeu R$ 4,5 mil para cada trabalhador rural, segundo informou a coordenadora estadual do PAA, Adelina Moreira.

Para o agricultor Antônio Lopes, o programa é um incentivo para que se produza cada vez mais: “Fiquei muito feliz em participar deste programa porque a gente tem uma compra garantida e sem atravessador. Acredito que minha produção vai aumentar em 100%”, afirmou.

Conferência Alimentar – A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Humano está participando desta segunda-feira (26) até a quarta-feira (28), da 3ª Conferência de Segurança Alimentar e Nutricional da Paraíba, na cidade de Lagoa Seca.

O evento, cujo foco é discutir a alimentação adequada e saudável como um direito de todos, tem a participação de representantes do Ministério de Desenvolvimento Social e Combate a Fome, do Conselho Nacional e Estadual de Segurança Alimentar, Incra, Ministério Público, Secretaria de Saúde do Estado e outros organismos.

“A alimentação é um direito essencial. A garantia deste atendimento a população possibilita por sua vez o acesso aos demais direitos. Então, esta conferência tem papel de relevância e a Secretaria estará participando dos três dias do evento, representada pelo Núcleo de Segurança Alimentar da SEDH”, frisou a secretária Aparecida Ramos.

O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que faz parte das ações da segurança alimentar do Governo Federal em parceria com o Governo Estadual, vai ter um estande de informações. O PAA está implantado em 14 municípios paraibanos, beneficiando cerca de 70 mil pessoas, entre pequenos agricultores e usuários de entidades sociais.

“Segurança alimentar e nutricional é uma das prioridades do Governo do Estado. O PAA contribui para isso, além de promover a inclusão econômica e social no campo, por meio do fortalecimento da agricultura familiar”, explicou Adelina Almeida Moreira.

Para Jacileide Lopes, coordenadora do Núcleo de Segurança Alimentar, a conferência será um momento de fortalecimento da parceria entre Estado e sociedade civil no monitoramento e avaliação das políticas públicas de segurança alimentar.