João Pessoa
Feed de Notícias

Governo exibe projeto e estudos de viabilidade técnica da Via Jaguaribe

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009 - 16:49 - Fotos: 

O secretário de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e da Ciência e Tecnologia, Francisco Sarmento, apresentou em entrevista coletiva na Secretaria de Comunicação Institucional (Secom), o projeto de construção da chamada ‘Via Jaguaribe’ que o Governo do Estado pretende executar em dois anos, composto de viaduto sobre a Avenida Epitácio Pessoa e vias de acesso interligando essa artéria às avenidas José Américo de Almeida (Beira-Rio) e Ruy Carneiro. Sarmento exibiu também estudos que atestam a viabilidade técnica e ambiental da obra. O secretário apresentou vídeo demonstrativo do projeto (que terá além do viaduto, duas pontes, três giradores e desapropriações de áreas privadas), além de documentos.

Permissão parcial – A proposta da via marginal do rio Jaguaribe tem inclusive o ‘Termo de Permissão de Uso de Áreas’, emitido de forma parcial e atendendo em parte o pleito do Governo do Estado, porque foi autorizada a realização da obra no trecho entre as avenidas José Américo de Almeida (Beira-Rio) e Epitácio Pessoa, numa extensão de 650 metros, (quando o projeto como um todo tem 1.100 metros) e excluiu o viaduto, “comprometendo a finalidade da obra, pois da forma como foi permitido, o novo corredor viário somente levará mais veículos para a Avenida Epitácio Pessoa, engarrafando mais aquela via”.

O projeto urbanístico está orçado em R$ 42 milhões, que viriam do Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur), através do Ministério do Turismo, em convênio com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

O secretário Francisco Sarmento disse que desde 2006 que o Governo do Estado vem discutindo com a Prefeitura de João Pessoa a urbanização do Vale do Rio Jaguaribe e, em novembro de 2008, a administração anterior chegou a contratar a empresa para a elaboração do projeto executivo, porém por conta de questões do projeto jurídico que culminou com o afastamento do ex-governador, não foram agilizadas medidas administrativas para implementação da obra.
 Apelo ao bom senso – Conforme o secretário, caso seja preciso o Governo do Estado poderá recorrer à Justiça para implementar o projeto de urbanístico da via marginal do rio Jaguaribe, embora considere essa hipótese “um absurdo, deletério aos interesses da população de João Pessoa”.

Ele espera que haja bom senso e se chegue a um entendimento, retirando a discussão do campo político e retornando à área técnica, semelhante ao que ocorreu esta semana com a definição do local do réveillon na orla marítima, que será promovido pelo Governo do Estado em frente ao Balneário do SESC, na praia do Cabo Branco, em João Pessoa.

 

Naná Garcez, com fotos de Walter Rafael, da Secom-PB