João Pessoa
Feed de Notícias

Governo entrega reforma e inaugura serviços no Hospital Regional de Guarabira

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016 - 23:01 - Fotos:  Divulgação

O Hospital Regional de Guarabira, que integra a rede hospitalar do Estado, concluiu a programação de obras e serviços que marcaram a reta final do ano de 2016. Foram feitas as entregas das salas do Serviço Social e alojamentos, totalmente reformados,  inaugurada a Biblioteca do Hospital Regional de Guarabira e entregue o Espaço de Convivência dos funcionários. Ainda foi implantado o projeto Cinema no Hospital.

“Um ambiente novo e reformado, por si só, serve de estímulo. Não temos dúvidas de que a reforma do hospital vai aprimorar a qualidade e a assistência oferecida aos nossos municípios e população. As salas do Serviço Social, como também salas do alojamento conjunto, foram totalmente recuperadas com pintura, parte elétrica e hidráulica”, comentou o diretor geral Cleonaldo Freire.

De acordo com Cleonaldo, a Biblioteca do Hospital Regional de Guarabira servirá como fonte de pesquisa para estudantes de escolas parceiras e para os funcionários do Hospital que trabalham com a saúde curativa e precisam de atualização permanente. “Acreditamos que a leitura e o estudo são ferramentas muito importantes. O Hospital investiu na compra de alguns livros e outra parte veio através de doação de funcionários e amigos para que as pessoas tomem amor pela leitura. A Biblioteca é uma oportunidade, dentro do ensino-serviço, onde vamos poder trazer os alunos das escolas parceiras, como também os quase 570 funcionários do Hospital Regional de Guarabira, para que eles também possam estudar e encontrar recursos necessários para enfrentar as problemáticas de saúde”, explicou o diretor.
O Hospital Regional de Guarabira atende urgência e emergência, tem 96 leitos cadastrados, 65 médicos, 65 enfermeiros, além de profissionais de outras categorias. São oferecidas as seguintes especialidades: clínica médica, obstétrica, cirúrgica, pediátrica, urgência e emergência. Além da população de Guarabira, a unidade de saúde atende pacientes de vários municípios, entre eles, Araçagi, Araruna, Bananeiras, Belém, Borborema, Caiçara, Casserengue, Cuitegi, Dona Inês, Duas Estradas, Lagoa de Dentro, Logradouro, Mulungu, Pilões, Pirpirituba, Riachão, Serra da Raiz, Sertãozinho, Solânea e Tacima.

De acordo com o diretor geral, só no mês de novembro deste ano foram feitos mais de 13 mil atendimentos ambulatorais e cerca de 120 cirurgias eletivas. “Somos referência em serviço para a população de Guarabira e região, prestando assistência a cerca de 300 mil habitantes. A melhoria e implantação de novos serviços, além da chegada de novos equipamentos reforçam a importância de uma instituição que funciona em sua prestação de serviços todos os dias, durante as 24 horas, para atender aqueles que precisam de atendimentos de média e alta complexidade”, disse Cleonaldo.

O Hospital Regional de Guarabira fica na Rua João Pimentel Filho, no bairro Juá. Para mais informações, o telefone para contato é: (083) 3271-4933.


Cinema no Hospital –
O Hospital Regional de Guarabira também deu início ao projeto Cinema no Hospital. Pioneiro na Paraíba, o objetivo é levar para as enfermarias da unidade a exibição de filmes de curta duração.

“É uma satisfação implantar o projeto Cinema no Hospital com recursos muito simples. Um empresário da cidade fez a doação de um notebook, nós já temos um retroprojetor e com isso vamos levar a sétima arte para dentro das enfermarias. A gente sabe que existem seus traumas, os problemas de patologia de cada paciente e, muitas vezes, o comprimido, a injeção, a intervenção cirúrgica não resolve o problema. Com este projeto, a gente tenta diminuir o sofrimento do tratamento.” falou o diretor da unidade, Cleonaldo Freire.

A intenção do Cinema no Hospital é criar uma distração diferente e positiva, que possa ajudar pacientes internados a saírem da rotina exaustiva do ambiente hospitalar, além de contribuir para a qualidade de vida na unidade, melhorando o cotidiano dos pacientes e acompanhantes durante o período de internação.

De acordo com o coordenador do projeto, Darenildo Pedrosa, o cinema ameniza a dor dos pacientes a partir do envolvimento com a história do filme.

“Essa terapia ocupacional que estamos incluindo no Hospital de Guarabira é muito importante e vem agregar aos outros projetos que temos, a exemplo do Anjos da Alegria. Isso se chama humanização. O paciente se sente melhor quando é bem tratado, quando é recebido com um sorriso e é isso o que estamos fazendo isso aqui”, disse Darenildo.