Fale Conosco

13 de agosto de 2013

Governo entrega raquetes para estimular produção de palma forrageira no Sertão



A Emater Paraíba distribuiu 16 mil raquetes de palma da espécie orelha de elefante e doce, pesquisada pela Emepa, com agricultores familiares do município de Cajazeirinhas, na região de Pombal. O Governo do Estado tem incentivado a produção de palma forrageira como alternativa para a ração animal durante o período de estiagem. A palma é resistente à cochonilha do carmim e impedirá que a praga se alastre em outras regiões.

Segundo o extensionista Zildo Vicente Leite, gerente da Emater Cajazeirinhas, há uma preocupação no município de realizar ações de convivência com o semiárido, criando condições que minimizem os prejuízos para a pecuária no período de estiagem. “Aqui a Emater também incentiva e acompanha o cultivo de palma forrageira resistente à cochonilha do carmim para garantir suporte forrageiro”, comentou.

Em Cajazeirinhas, as 16 mil raquetes foram distribuídas para 30 agricultores familiares, com a orientação de que sejam criados campos de multiplicação para aumentar a área plantada e, consequentemente, se garantir a alimentação de caprinos, ovinos e bovinos em períodos sem chuvas.

A Emater, empresa vinculada à Secretaria do Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap), está fazendo o monitoramento desses cultivos por meio de assessoramento técnico com visitas periódicas nas áreas onde as raquetes foram plantadas. Também está sendo programado o ‘Dia de Campo’, que vai abordar aspectos da palma forrageira, para mostrar aos agricultores da região como deve ser feito seu cultivo e sua importância para a alimentação do rebanho.

Na região de Pombal já foi feita a distribuição de 65 mil raquetes, beneficiando os municípios de Cajazeirinhas, Condado, Coremas, Lagoa, Paulista, São Bentinho, São Domingos de Pombal, Vista Serrana e Pombal.