Fale Conosco

27 de novembro de 2012

Governo entrega conclusão do Perímetro de Irrigação



O Governo do Estado inaugura nesta quarta-feira (28), às 15h30, o Centro Gerencial das Várzeas de Sousa, última obra do Perímetro de Irrigação que se estende entre os municípios de Sousa e Aparecida, no Alto Sertão do estado. Na ocasião, o governador Ricardo Coutinho vai assinar a ordem de serviço para a contratação de uma empresa de consultoria que acompanhará os irrigantes por dois anos para que seja implantada a autogestão.

O Centro Gerencial inclui o Escritório do Distrito de Irrigação, que é a associação de usuários do perímetro e será responsável pela administração da água, operação e manutenção da infraestrutura. O prédio vai abrigar ainda uma oficina para pequenas manutenções de equipamentos do sistema de irrigação.

As obras do canal tiveram início no ano de 1998. De acordo com o secretário dos Recursos Hídricos, do Meio Ambiente e da Ciência e Tecnologia, João Azevedo Lins, apenas entre 2011 e 2012 o governo investiu R$ 14.670.000,00 para a conclusão da parte de drenagem, da rede de distribuição de água e o implantação do Centro de Gerenciamento do Projeto. “Definitivamente, enquanto Secretaria de Recursos Hídricos, estamos saindo de dentro das obras das Várzeas de Sousa. Concluímos a nossa etapa”, declarou o secretário.

O projeto tem como objetivo a irrigação de uma área total de 4.376 ha com 178 lotes para pequenos produtores para exploração de fruticulturas (banana, goiaba, maga) e 19 lotes empresariais. As áreas deverão ser destinadas à produção de culturas de alto valor comercial, com elevado nível tecnológico, proporcionando a produção de alimentos e matérias primas com geração de riqueza e emprego para desenvolvimento da região e do Estado.

A infraestrutura de irrigação é composta por um canal condutor – o Canal da Redenção, com 37 km de extensão, e várias obras ao longo deste canal, tais como: túneis, sifões e galerias; reservatório de compensação; estação de bombeamento; subestação elétrica; adutoras de recalque e distribuição; reservatório de distribuição; rede de distribuição de água para irrigação (adutoras); rede de drenagem, rede viária, cercas do perímetro e reserva legal, centro gerencial, material de irrigação parcelar. O Canal da Redenção tem início na Tomada d´água da Barragem Coremas Mãe d`água no Município de Coremas e desemboca na Barragem de Compensação.

A estimativa é de que a obra beneficie diretamente mais de 400 famílias da região e gere cerca de 5 mil novos empregos diretos.