João Pessoa
Feed de Notícias

Governo entrega Almeidão e inaugura equipamentos do complexo esportivo

sexta-feira, 4 de julho de 2014 - 09:44 - Fotos:  Francisco França/Secom-PB

O governador Ricardo Coutinho inaugurou, nessa quinta-feira (3), em João Pessoa, a reforma, recuperação estrutural e urbanização da área do entorno do Estádio José Américo de Almeida Filho (O Almeidão). A solenidade foi marcada por homenagens e pela realização da partida entre Botafogo da Paraíba e América de Natal.

A obra recebeu investimentos na ordem de R$ 42 milhões, empregados na recuperação da estrutura, banheiros, vestiários, cabines de imprensa, bares, marquise, revestimento das arquibancadas, reimplantação das cadeiras, pavimentação da área externa, além do novo gramado que segue os padrões da Federação Internacional de Futebol (Fifa).

Para o governador Ricardo Coutinho, a reforma e recuperação do estádio inaugura uma nova fase na história do esporte paraibano. “Por aqui nós tivemos jogos memoráveis, públicos de mais de 44 mil pessoas e craques que fizeram história no nosso futebol, e nós não podíamos deixar essa história morrer junto com as condições em que o estádio se encontrava. Tive a oportunidade de estar aqui na primeira partida realizada no Almeidão e é muito satisfatório e emocionante participar de um novo capítulo desse gigante do esporte”, comentou o governador.

Complexo - Antes do início da partida, torcedores e autoridades visitaram a área externa da praça esportiva, que agora também conta com amplo estacionamento, quadras poliesportivas, pistas de skate e caminhada. A proposta de urbanização do entorno do estádio tem o objetivo de oferecer mais uma opção de lazer e espaço de socialização aos moradores de toda Zona Sul da Capital.

O skatista Fábio Andrade diz que a reforma vai beneficiar moradores e esportistas de outras modalidades além do futebol. “Sou morador aqui do bairro do Cristo e assim como os outros cidadãos, eu esperava um projeto como esse. Para nós desportistas, a pista de skate vai facilitar nossa prática diária, já que não teremos que nos deslocar para outros bairros. Além disso, ela [reforma] também acabará incentivando a iniciação e o desenvolvimento de novos talentos”, observou.

Homenagens - Dentro do estádio, a torcida botafoguense também presenciou diversas homenagens a ex-jogadores do Botafogo, a exemplo de Magno, Silvinho, Zezito e Chico Matemático. O presidente do time, Nelson Lira, também recebeu do governador um troféu pela conquista do bicampeonato estadual.

Outro homenageado foi o pedreiro José Arnaldo Belo, de 65 anos. O paraibano da cidade de Serra da Raiz participou da construção do estádio, ainda nos anos 1970 e, quando soube que o mesmo seria reformado, procurou os responsáveis pela obra e pediu para fazer parte novamente do projeto de restauração do espaço que ele ajudou a erguer. Além de ter o pedido atendido, José Arnaldo ainda recebeu elogios. Segundo o mestre de obras Ivanildo Nascimento Silva, o pedreiro é um trabalhador exemplar, disciplinado e não faltou um dia sequer ao serviço.

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, ressaltou que a Capital conta agora com um estádio com qualidade semelhante a de grandes centros esportivos brasileiros. “É gratificante ver um estádio histórico da nossa cidade totalmente recuperando para fortalecer ainda mais o futebol de João Pessoa, com mais conforto e tranquilidade para que os torcedores dos nossos clubes compareçam cada vez mais para incentivar os seus clubes. Esse ano, inclusive, nós já temos expectativa de grandes jogos, pois o Botafogo está muito bem na série C do Campeonato Brasileiro e ainda tem perspectiva de passar para a próxima fase da Copa do Brasil, agora com uma qualidade equivalente aos grandes centros esportivos do País”, destacou.

Partida - Com as equipes em campo, a banda de música da Polícia Militar da Paraíba executou o hino nacional, sob a regência do maestro capitão Edson Alves. Ao lado da torcida do Botafogo, o presidente do clube, Nelson Lira, comemorou as novas instalações em nome de todos os alvinegros.

Hoje nós estamos deixando mais uma marca para essa família botafoguense, com mais um momento ímpar na nossa história. Nessa hora é muito difícil controlar a emoção, mas assim como as nossas conquistas dentro das quatro linhas, a reforma da casa do Botafogo e principalmente dessa torcida maravilhosa é tão grandiosa quanto os nossos sucessos dentro de campo. E o que nós podemos fazer é agradecer”, ressaltou Nelson Lira.

No gramado, quem levou a melhor foi o América de Natal, que venceu a partida pelo placar de 1 a 0, com gol de Jéferson marcado no segundo tempo. “Independente do resultado, hoje foi o torcedor paraibano que saiu vitorioso. Eu venho a esse estádio desde criança e hoje saímos daqui com um grande orgulho de ser paraibano e pessoense, pois voltamos a ter uma estrutura digna de referência no futebol brasileiro”, finalizou o vendedor, Walace Dantas.

Equipamentos -De acordo com o secretário de Estado da Juventude, Esporte e Lazer da Paraíba (Sejel), Tibério Limeira, outros setores do estádio receberão melhorias. “Quem vinha ao Almeidão, durante essa longa jornada de quase 40 anos, se deparava com uma série de problemas na área interna e externa do estádio e o espaço vai receber novos equipamentos. Essas reformas e construções não poderiam chegar em um momento melhor, já que o futebol paraibano vive um período de ascensão”, defendeu.

No final do mês de julho será a vez do estádio O Amigão, em Campina Grande, concluir a sua reforma. Passam, atualmente, por reformas os estádios Perpetão, em Cajazeiras; e Marizão, em Sousa; além da Vila Olímpica Ronaldo Marinho e do ginásio Ronaldão, na Capital.