João Pessoa
Feed de Notícias

Governo entrega 7ª UPS e destaca investimentos na Polícia Militar

quinta-feira, 30 de agosto de 2012 - 08:35 - Fotos:  Secom-PB

O Governo do Estado entregou, nesta quarta-feira (29), a sétima unidade de Polícia Solidária da Paraíba (UPS). Localizado no bairro do Roger, em João Pessoa, o novo espaço vai beneficiar mais de 50 mil pessoas que moram nos bairros contemplados com o serviço (Roger, Padre Zé, Tambiá, Porto do Capim e Comunidade do ‘S’).

Para ser instalada, a unidade recebeu um investimento de cerca de R$110 mil reais – que incluiu reforma, montagem e instalação de sistema de monitoramento para auxiliar na segurança da área atendida. A UPS conta com três motos e uma viatura para realizar rondas 24h e atender aos moradores, que podem solicitar os serviços através da ‘linha solidária’, pelo número 8714-0119.

Na ocasião, o governador Ricardo Coutinho lembrou os investimentos na Polícia Militar. “Para se ter uma ideia, hoje o treinamento de um oficial supera 200 tiros, coisa que até pouco tempo não chegava a 20 disparos para que esses polícias pudessem se formar. A tendência é melhorar cada vez mais”, pontuou o governador.

Ele destacou ainda a nova filosofia de trabalho da Polícia. “Estamos trazendo pessoal treinado para dentro dos bairros, para dialogar e proteger a comunidade. Em todos os espaços há uma queda dos indicadores de criminalidade, particularmente dos crimes contra o patrimônio e contra a vida”, ressaltou.

Na oportunidade, o comandante geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, destacou a importância da UPS para a população. “Com a polícia mais próxima do cidadão e vivendo o cotidiano da comunidade fica mais fácil identificar problemas e resolvê-los de forma conjunta, sempre escutando os moradores que são nossos verdadeiros parceiros nessa busca pela paz social”, destacou.

Reivindicação atendida – O morador do Roger e representante da Casa do Pequeno Davi, Miler Jones, ressaltou que a comunidade está feliz porque cobrou a unidade de policiamento há dois anos e ganhou, além da unidade, uma viatura exclusiva e três motos com policiais mais próximos da população. “Queremos uma polícia cidadã para garantir a segurança em um bairro que tem história com a cidadania”, destacou.

A moradora do Roger e líder comunitária, Juracy Mesquita, falou em nome dos moradores sobre a importância do policiamento.  “Hoje a UPS é um orgulho para nós e significa mais que uma estrutura de telha e tijolos. Mas a abertura de um diálogo direto dos moradores com as forças de segurança do Estado. Uma demonstração de força e desejo da população para trazer mais segurança e melhorias para o bairro”, reforça.

A solenidade de inauguração do UPS do Roger contou com a participação do vice-governador Rômulo Gouveia, do arcebispo da Paraíba, Dom Aldo Pagotto, do secretário de Segurança Pública, Claudio Lima, do comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Jair Carneiro, o subcomandante da Polícia Militar, coronel Castro, o comandante do 1º BPM, Paulo Almeida, o secretário executivo de Desenvolvimento Humano, Lau Siqueira, o secretário executivo de Desenvolvimento Municipal, Dênis Soares, e o diretor do IPC, Humberto Pontes.

Várias pessoas da comunidade prestigiaram a inauguração da UPS, instalada em um antigo posto policial desativado.  “Aqui é uma obra que foi provocada por nós, muito mais que uma obra de tijolos é fruto de uma construção coletiva da comunidade organizada que dialoga com o poder público”, completa Juracy Mesquita que também é voluntária da Casa do Pequeno Davi.

Investimentos – Só este ano já foram investidos mais de R$30 milhões de reais na melhoria da condição de trabalho dos policiais militares. No total, são mais de 10 mil itens (armamento, munições, viaturas, motos, bicicletas, capacetes, coletes balísticos e fardamentos). Sete UPS foram instaladas pelos bairros da capital, em áreas onde o índice de criminalidade apresentava indicadores elevados.

Incentivos – O Governo do Estado sancionou, no mês de junho, uma lei que garante bonificação de até R$ 1.500 para os policiais que apreenderem armas de fogo, trata-se da lei 9.708/2012. Também vêm sendo realizadas promoções de praças e oficiais. Nos últimos 18 meses, foram quase 400 promoções de oficiais e, até o final deste ano, serão 1.634 promoções de praças.