Fale Conosco

26 de março de 2012

Governo e UFPB promovem minicursos sobre cuidado e tratamento de crianças e adolescentes



O cuidado especial no atendimento e tratamento de crianças e adolescentes é o tema central dos minicursos que começaram a ser ministrados na manhã desta segunda-feira (26) na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), em João Pessoa. A programação faz parte do I Congresso Norte e Nordeste Multiprofissional em Saúde da Criança e do Adolescente, que será aberto oficialmente nesta terça-feira (27), na Estação Ciência, Cultura e Artes Cabo Branco, onde acontecerão as demais atividades.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) está apoiando o congresso, que é realizado pelo Hospital Universitário Lauro Wanderley (HU), da UFPB. Os minicursos deste primeiro dia de evento acontecem nos turnos da manhã e da tarde, nos auditórios do Centro de Ciências da Saúde (CCS), do HULW, do curso de Fonoaudiologia e da Reitoria e no Serviço de Atenção à Saúde (SAS).

O objetivo é capacitar os profissionais médicos, enfermeiros, nutricionistas, psicólogos, assistentes sociais e técnicos de enfermagem, para que todos se mobilizem no cuidado voltado às crianças a e adolescentes e suas peculiaridades. Entre os minicursos oferecidos estão: Nutrição enteral e parenteral; Cuidados paliativos, Prevenção à violência e Ventilação mecânica não invasiva e invasiva.

“As crianças e adolescentes não podem ser tratadas como os adultos. O próprio organismo delas é mais delicado e demanda atenção e cuidados maiores para suas especificidades”, destacou a auxiliar de enfermagem da UFPB e presidente da Comissão de Cultura e Organização do evento, Joana D’arc Miguel da Silva.

Programação – Nesta terça-feira (27), às 8h, acontecerá a abertura solene do Congresso com a presença do secretário de Estado da Saúde, Waldson Dias de Souza. Paralelo ao congresso será realizado o II Fórum Paraibano em Violência Contra a Criança e Adolescente.

Durante o evento, vários profissionais da Secretaria de Estado da Saúde vão participar de mesas redondas para expor sobre as ações que o Governo do Estado está realizando em prol da saúde da criança e do adolescente. O Hospital Infantil Arlinda Marques também está participando do evento, uma vez que a diretora multiprofissional da unidade saúde, Gilsandra de Lira Fernandes, faz parte da comissão organizadora.

De acordo com Maria Gildete de Freitas Araújo, vice-presidente do congresso, o evento deverá reunir cerca de 500 pessoas, entre profissionais e gestores da rede de saúde, estudantes, profissionais e docentes dos cursos da área de saúde e relacionados à saúde, a exemplo de Enfermagem, Educação Física, Técnico em Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Odontologia, Medicina, dentre outros.

Ela explicou que o congresso surgiu da necessidade de realizar um evento em saúde da criança, tendo como foco a troca de vivências dos diferentes saberes. O congresso visa discutir, por meio de cursos, palestras e oficinas, uma estratégia para o desenvolvimento de educação permanente com os profissionais envolvidos no cuidado à saúde da criança e do adolescente.