Fale Conosco

4 de abril de 2014

Governo e parceiros promovem Dia Mundial da Atividade Física e da Saúde



Na próxima segunda-feira (7), das 16h às 19h, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) promoverá o Dia Mundial de Atividade Física e da Saúde, na Praça da Paz, no bairro dos Bancários, em João Pessoa. O evento será realizado em parceria com o Serviço Social do Comércio (Sesc), Secretaria de Estado da Educação, Serviço Social da Indústria (Sesi) e Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana- Semob.

“O foco é a prevenção, na qual o estímulo para a prática de atividade física e uma alimentação saudável proporcionarão uma melhor qualidade de vida para o indivíduo, na tentativa de reduzir o número de pessoas acometidas por doenças cardiovasculares”, disse  Gerlane Carvalho, gerente do Núcleo de Doenças e Agravos Não Transmissíveis, da SES.

De acordo com a programação do evento, que terá como tema “Quem busca qualidade de vida não pode ficar parado”, terá oficina de Nutrição; orientação nutricional;  aulão de alongamento; circuito de atividade física; apresentações culturais e folclóricas; trio de forró do Sesc; distribuição de material educativo e de prevenção da DST/AIDS: preservativos masculino e feminino e gel lubrificante; divulgação dos locais de atendimento para tratamento do fumante; exposição do laboratório do mosquito da dengue, orientações e distribuição de material educativo sobre a doença; estímulo a cultura de paz e educação de trânsito.

Gerlane explicou que este evento é uma iniciativa do Ministério da Saúde e acontecerá em todo país, prioritariamente, nos estados sede de Copa do Mundo e a Paraíba, mesmo não sendo sede de Copa, realizará atividades  seguindo os critérios e orientações do Ministério. “Será um momento oportuno também para divulgarmos dados sobre doenças provocadas pelos maus hábitos alimentares e por práticas que não são saudáveis”, esclareceu.

De acordo com dados da Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), em 2012, João Pessoa apresentou os seguintes dados: a obesidade atinge 21,1% de homens e 18,9% de mulheres. Já em relação aos fumantes, 14% são formado do público masculino e 7,2% feminino. Quanto à inatividade física, 16,2% são mulheres e 15,8% homens. Do público atingido pela hipertensão arterial, 29,2% são mulheres e 21,4% são homens. Da população que tem diabetes, 6,4% é feminina e 5,4% masculina. Foram entrevistadas 1.667 pessoas na capital da Paraíba, sendo 590 homens e 1.077 mulheres.

Óbitos por doenças do aparelho circulatório – De acordo com a tendência nacional, as doenças do aparelho circulatório lideram as causas de óbitos. Na Paraíba, na faixa etária entre 20 até maiores de 80 anos, foram registradas 7.782 mortes em 2013 e 884 em 2014.