Fale Conosco

28 de maio de 2013

Governo e municípios discutem ações para fortalecer agricultura familiar



Os participantes do Encontro Paraibano de Secretários Municipais da Agropecuária e Pesca, que aconteceu nesta terça-feira (28), no Unipê, em João Pessoa, voltaram para seus municípios com a certeza de que é preciso consolidar as parcerias para avançar com as ações que vão fortalecer a agricultura familiar, com a geração de oportunidades de trabalho e melhoria da qualidade de vida.

O diretor do Departamento de Assistência Técnica e Extensão Rural (Dater), do Ministério do Desenvolvimento Agrário, Argileu Martins da Silva, um dos palestrantes, motivou os agentes municipais a procurar os órgãos do governo, principalmente os que tratam do setor agrícola, para definir projetos de captação de recursos junto ao governo federal, mas principalmente no ministério que atua. “Há bastante recurso, no entanto é preciso que os projetos cheguem bem definidos”, disse. Ele falou sobre Desenvolvimento Rural Sustentável – Desafios e Perspectivas para a inclusão produtiva.

Durante todo o dia, os dirigentes das empresas vinculadas à Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca – Emater, Interpa, Emepa e Empasa -, e mais o Cooperar e Empreender PB também mostraram as ações realizadas durante o ano passado em favor do agricultor e apresentaram as metas que pretendem desenvolver a partir de agora.

O secretário da Sedap, Marenilson Batista, anunciou, na ocasião, uma parceria com as prefeituras para a instalação do Sistema de Inspeção Municipal (Sim), que vai permitir que a produção animal e vegetal possa ser comercializada com a garantia de que está sendo inspecionada.

Durante o encontro, o presidente da Emater, Geovanni Medeiros, apresentou um elenco de experiências bem sucedidas e ações desenvolvidas pelo Governo do Estado, por meio da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural da Paraíba (Emater), no âmbito do Programa Brasil Sem Miséria e de outras atividades da Agricultura Familiar.

Ele fez uma explanação sobre as ações executadas pela empresa, cuja missão é contribuir para o desenvolvimento rural sustentável e o fortalecimento social, político, cultural e econômico dos agricultores familiares e demais públicos da extensão rural, por meio de Assistência Técnica e Extensão Rural participativa e educativa, visando, com isso, alcançar patamares crescentes de sustentabilidade econômica e socioambiental na Paraíba.

Durante a apresentação, demonstrou os principais eixos trabalhados pela extensão rural tais como: cadastramento, inscrições e emissão de documentos para acesso dos agricultores a programas e políticas públicas; organização dos sistemas de produção agropecuária, organização e fomento para a comercialização agropecuária, projetos agropecuários de inclusão produtiva, difusão tecnológica e extensão rural, organização da agricultura familiar paraibana para a inclusão social e banco de dados da agropecuária paraibana.

Geovanni Medeiros destacou que a proposta da Emater “é elevar a participação da agricultura familiar na formação do PIB paraibano, consolidando-se como empresa comprometida com o desenvolvimento rural sustentável e com processos de inclusão social, melhoria da qualidade de vida e o fortalecimento da cidadania no campo, num panorama até 2015”, comentou.

A abertura do evento foi feita pelo vice-governador Rômulo Gouveia, com a participação do secretário de Estado da Agricultura e Pesca, Marenilson Batista, o presidente do Interpa, Nivaldo Magalhães, o presidente da Empasa, José Tavares, o presidente da Emepa, Manuel Duré, agricultores, técnicos e extensionistas, além de outras autoridades do setor agrícola estadual.