Fale Conosco

23 de novembro de 2011

Governo e MP são parceiros no combate e prevenção à violência contra crianças e adolescentes



O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Saúde, será parceiro do Ministério Público (MP) nas ações de combate e prevenção aos casos de violência contra crianças e adolescentes. O primeiro passo dessa parceria foi dado na manhã desta quarta-feira (23) durante uma reunião entre a promotora Soraya Escorel, coordenadora do Centro de Apoio Operacional das Promotorias (Caop) da Criança e do Adolescente do MP Estadual, e o secretário de Estado da Saúde, Waldson de Souza.

Durante a reunião, a representante do MP e o secretário da Saúde discutiram um projeto a ser desenvolvido com os profissionais de saúde para a capacitação em atendimento, diagnóstico e encaminhamento dos casos de violência sexual aos serviços especializados. O trabalho será direcionado principalmente aos agentes comunitários de saúde e profissionais das maternidades e hospitais infantis de todo o Estado que atendem a esse público.

A parceria vai ratificar o trabalho de apoio ao projeto “Menina Abusada”, que trata da formação continuada dos profissionais da saúde, educação e assistência social do Estado na temática da violência sexual. O “Menina Abusada” visa a capacitação de forma a criar mecanismos hábeis em detectar, enfrentar e coibir a violência sexual contra crianças e adolescentes, bem como encaminhar as vítimas aos programas de assistência especializado, promovendo a reabilitação da autoconfiança e da dignidade dos agredidos.

Waldson de Souza disse que o Governo tem o objetivo de se aproximar de todas as ações que qualificam as intervenções e as políticas publicas de um modo geral. “Daremos o apoio necessário. O governo estará presente nessa ação do Ministério Público e procurando ampliar ainda mais o projeto, para que chegue ao máximo de municípios possível, num curto espaço de tempo”, disse.

 

Seminário – O Governo do Estado também é parceiro do Seminário Estadual de Enfrentamento à Violência Sexual e Cyberbullyng contra Crianças e Adolescentes: da Proteção à Responsabilização. O evento acontece nos dias 28 e 29 deste mês, no auditório do Ministério Público. O objetivo é propiciar a formação da rede de proteção à criança e ao adolescente com o objetivo de enfrentar a violência sexual e os crimes virtuais, possibilitando visão mais concreta da realidade e, consequentemente, melhor atuação dos profissionais.

 

O evento é direcionado a promotores de Justiça, juízes de direito, advogados, delegados, policiais, conselheiros tutelares e de direito, professores, gestores e profissionais da educação, saúde e assistência social, assim como pais, estudantes, universitários e demais atores do Sistema de Garantia de Direitos (SGD).