João Pessoa
Feed de Notícias

Governo e movimentos sociais avaliam políticas públicas para agricultores familiares paraibanos

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015 - 09:37 - Fotos: 

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura Familiar e do Desenvolvimento do Semiárido (SEAFDS), e representantes dos movimentos sociais da Paraíba, se reuniram para avaliar as ações da secretaria nesse primeiro ano da sua criação. O encontro, realizado na sexta-feira (18), fez parte da programação da SEAFDS que realiza trimestralmente essas reuniões com o intuito de aprimorar as políticas públicas e cooperativismo na agricultura familiar da Paraíba.

O evento reuniu representativos de segmentos dos setores populares e produtivos da sociedade, incluindo organizações, cooperativas e movimentos sociais. O objetivo da Secretaria foi incluir cada vez mais as entidades representativas da agricultura familiar no fortalecimento das políticas públicas desenvolvidas pelo Governo do Estado qualificando seu sistema de gestão (organização, produção e comercialização).

Segundo o coordenador do Polo Sindical da Borborema, Manoel Antônio de Oliveira, a reunião avaliativa se faz muito importante devido essa secretaria ser uma conquista dos movimentos sociais. “Então nada mais do que justo ao fim de cada ano fazermos uma reunião avaliativa para sabermos o que avançou e o que precisa ser evoluído em conjunto com o Governo”.

Quem também pensa assim é o presidente da Federação dos Agricultores e Agricultoras da Paraíba, Ednaldo Leite Pereira. Segundo ele, a reunião serviu para criar uma boa expectativa para as ações da pasta em 2016. “Nós estamos aqui para aperfeiçoar as ações do Governo do Estado junto aos homens e mulheres do campo”, disse.

Para o Governo do Estado e parceiros, essa ação é considerada importante e estratégica, pois os movimentos da agricultura familiar têm crescido suas demandas devido à forte estiagem que assola todo o Nordeste e essa junção de ações melhoraram os resultados das ações desenvolvidas.

De acordo com Maria da Gloria Batista de Araújo, coordenadora da Asa-PB, esse momento foi importante por proporcionar uma ampliação no diálogo para que as organizações sociais pudessem colocar suas demandas e vislumbrar desafios para o ano vindouro. “Foi um momento de revisitar nossas práticas na perspectivas de ver o futuro”.

O secretário de Estado de Agricultura Familiar, Lenildo Morais, lembrou que o objetivo da reunião foi ampliar os benefícios da gestão estadual junto aos movimentos sociais. “O fortalecimento dos movimentos sociais na Paraíba só é possível com o apoio e parceria do Governo, associações, instituições públicas e privadas, sindicatos e de todos que lutam pelo desenvolvimento do Estado por meio da agricultura familiar”, declarou.