João Pessoa
Feed de Notícias

Governo e MDA discutem Programa Brasil Sem Miséria na Paraíba

terça-feira, 4 de junho de 2013 - 11:50 - Fotos: 

As famílias de agricultores paraibanos contempladas com recursos do Programa Brasil Sem Miséria assistidas pela Emater tiveram melhoria na qualidade de vida. A observação é do presidente do órgão, Geovanni Medeiros, que abriu, nessa segunda-feira (3), o Curso de Orientação para Agentes de Assistência Técnica Rural (Ater) que atuam no programa, a partir de convênio com o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). São pelo menos 4.700 famílias atendidas na Paraíba, residentes nos territórios da Borborema e na Zona da Mata.

Até a próxima sexta-feira (7), técnicos da Emater, procedentes de vários municípios participam do curso. Estão sendo discutidos vários aspectos relacionados às causas da pobreza e as raízes das desigualdades.

O Programa Brasil Sem Miséria foi lançado em junho de 2011, pelo Governo Federal e tem como prioridade para o meio rural ações de inclusão produtiva, a estruturação da capacidade de produção da agricultura familiar, por meio de assistência técnica diferenciada e estímulo para a geração de renda. Garante serviços públicos nas áreas de educação, saúde assistência social, saneamento e energia elétrica.

A finalidade é contribuir para a melhoria da renda, da segurança alimentar e da diversificação da produção, para a manutenção e geração de postos de trabalho, em condições compatíveis com o equilíbrio ambiental e com os valores socioculturais dos agricultores envolvidos.

Para investir em ações de inclusão produtiva de atividades agrícolas, cada família recebe R$ 2.400,00 divididos em três parcelas, sendo a primeira de R$ 1.000,00 e as duas últimas de R$ 700,00.

A agricultora Lúcia Feitosa, de Serra Branca, beneficiária do Brasil Sem Miséria e assessorada pela Emater no trabalho de criação de aves, disse que atividade mudou sua vida. “Apesar de ainda não estar na fase de vender, já temos a garantia de comercialização junto aos bares, restaurantes e abatedouros”, afirmou. Ela já pensa em ampliar a atividade, construindo novo aviário com parte do lucro e comprando mais aves.

Participaram da abertura do evento, o secretário do Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca, Marenilson Batista; o diretor técnico da Emater, Erasmo Lucena; além do representante do MDA em João Pessoa, Lúcio Hipólito Xavier. A capacitação acontece na Espep e é ministrada por técnicos do MDA.

Redes Temáticas – Também está sendo realizado no auditório do Interpa, até sexta-feira (7) com a participação de extensionistas da Emater, o Seminário de Articulação para Fortalecimento das Redes Temáticas de Agroecologia.