João Pessoa
Feed de Notícias

Governo e Instituto Alpargatas incentivam prática do taekwondo

domingo, 21 de outubro de 2012 - 11:33 - Fotos:  Vanivaldo Ferreira/Secom-PB

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Humano (Sedh), em parceria com o Instituto Alpargatas, por meio do Projeto “Educação por meio do Esporte”, realizou, na tarde deste sábado (20), as provas do 24º exame de faixas de taekwondo para 300 atletas no Centro Social Urbano Francisco Leocádio Ribeiro Coutinho, no bairro Alto das Populares, em Santa Rita.

O projeto existe há 12 anos e atua na Comunidade João Paulo II, no bairro do Geisel, em João Pessoa; no bairro Alto das Populares e Tibiri II, em Santa Rita; e no município de Itabaiana. “Nosso objetivo é levar o projeto para todo o Estado devido a sua importância social de incluir os jovens desde cedo no esporte. Atualmente, temos 300 atletas numa faixa etária entre 7 e 29 anos, mas já passaram por aqui mais de 1500 e muitos deles ganharam prêmios importantes e se tornaram atletas conhecidos no Brasil”, destacou o instrutor José Ronaldo Souza, que ganhou medalha de ouro no 2º Pan-americano de Taekwondo, no Texas, Estados Unidos.

O instrutor e atleta José Ronaldo iniciou sua carreira dando aulas para filhos de funcionários da empresa Alpargatas, onde era funcionário. Após conquistar vários prêmios nacionais e internacionais, o atleta ganhou destaque e incentivou o projeto tornando-se referência de futuro no esporte para seus alunos.

O taekwondo possui graus que vão mudando de acordo com o estágio técnico do lutador e estas etapas correspondem aos “geups” e “dans”. Cada “geup” está relacionado a uma faixa colorida que é amarrada na cintura. As graduações variam da faixa branca, amarela, verde, azul, vermelho até a preta. Neste projeto mais de 40 atletas já conseguiram a faixa-preta e muitos deles auxiliam o instrutor José Ronaldo nas aulas.

É o caso do atleta Alan Ewerton da Silva, de 15 anos. Com apenas 7 anos, ele começou a treinar no Centro Social Urbano do Alto das Populares e atualmente tem um currículo extenso de premiações importantes. Por sete vezes foi Campeão Paraibano de Taekwondo, três vezes Campeão Brasileiro, conquistou o terceiro lugar na Copa América e ganhou ouro no Sul-americano de Taekwondo, disputado em julho na Argentina.

“Eu passava todos os dias aqui na frente para ir à escola e achava bonito os atletas fardados. Hoje estou aqui ajudando a dar aulas. Agradeço a Deus e ao projeto que me livrou do maus caminhos e com muito foco, força e fé vou continuar treinando para as futuras competições”, destacou o jovem atleta.

Para os atletas se manterem no projeto o critério de avaliação escolar também é analisado, pois os alunos precisam apresentar notas na média. Mesmo com prêmios de competições na Copa América e no Brasileiro de Taekwondo, esta é uma preocupação da a atleta Alana Brenda, de 14 anos.

“Estou no primeiro ano do ensino médio e concilio os treinos com as aulas. Pretendo continuar no esporte e, também, prestar vestibular para educação física”, destaca.

Na ocasião, esteve presente o analista do Instituto Alpargatas, Linaldo Macena, que destacou a parceria com o Governo do Estado neste projeto e enfatizou a ação da empresa nas comunidades onde estão instaladas suas fábricas. “Nosso foco é atuar na comunidade que estamos inseridos para ajudar tanto os filhos dos funcionários quanto a comunidade em geral através do esporte e da promoção de cursos profissionalizantes”, disse.

Ainda estiveram presentes o Mestre Nascimento (instrutor do Geisel), professor Jessé (Itabaiana) e o presidente da Federação Paraibana de Taekwondo, Marcelo Guimarães.

CSUs – Os treinos ocorrem no Centro Social Urbano (CSU), que também oferece diversas atividades a população como reuniões de associações, grupos de idosos e cursos profissionalizantes. Em todo o Estado existem 16 CSUs.

No momento estão sendo concluídas turmas dos cursos de costura industrial, garçom, eletricidade predial e residencial. “Estamos programando novos cursos a pedido da comunidade na área de gastronomia, mecânica em refrigeração e moda íntima. O importante é que todos já saem daqui com certificado e encaminhados ao mercado de trabalho”, esclarece a diretora do CSU, Luiza Araújo.

O CSU de Santa Rita funciona de segunda a sexta-feira e está localizado na Rua Natélia Mendonça, no Alto das Populares.