João Pessoa
Feed de Notícias

Governo e Fiep discutem implantação da Região Metropolitana de Campina Grande

quarta-feira, 17 de abril de 2013 - 15:20 - Fotos:  Xico Morais / Secom-PB

O secretário da Interiorização da Ação do Governo, Carlos Antônio, se reuniu nesta quarta-feira (17) com o presidente da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep), Francisco Buega Gadelha, para discutir a implantação da Região Metropolitana de Campina Grande, projetos hídricos, parceria em educação técnica e recursos renováveis. Também participaram do encontro a superintendente regional do Sesi, Claudete Leitão, e o assessor da diretoria do Senai, Felipe Vieira Neto.

De acordo com a lei já sancionada, os municípios de Lagoa Seca, Massaranduba, Alagoa Nova, Boqueirão, Queimadas, Esperança, Barra de Santana, Caturité, Boa Vista, Areial, Montadas, Puxinanã, São Sebastião de Lagoa de Roça, Fagundes, Gado Bravo, Aroeiras, Itatuba, Ingá, Riachão do Bacamarte, Serra Redonda, Matinhas e Pocinhos vão integrar a Região Metropolitana de Campina Grande.

Com cerca de 700 mil habitantes vivendo em uma área de quase cinco mil metros quadrados, a Região Metropolitana de Campina Grande, segundo ressaltou Carlos Antônio, apresenta-se como uma das regiões de maior dinamismo econômico e social da Paraíba. O Produto Interno Bruto supera os R$ 4 bilhões. “A Fiep é um órgão importante nessa discussão e haveremos de integrar outras entidades importantes para que a gente possa fazer essa grande discussão sobre a Região Metropolitana de Campina Grande”, enfatizou o secretário.

Na área da educação e formação profissional, Carlos Antônio discutiu a integralização de ações da Secretaria da Interiorização com a Fiep, a partir do Sesi e do Senai. “São órgãos importantes na área de educação técnica”, frisou o secretário. Ficou definido que haverá um encontro promovido pela Secretaria e Fiep com gestores municipais para apresentar os programas e serviços do governo.

Por sua vez, Buega Gadelha disse ser fundamental a parceria do Governo do Estado com a Fiep para a instalação da RMCG, na atração de indústrias, ampliação das empresas já instaladas na Paraíba, bem como na área educacional e tecnologia.  “O secretário Carlos Antônio tem um visão muito completa do nosso Estado que nós precisamos para encontrar os caminhos do desenvolvimento. Dessa forma, haveremos de fazer muitas parcerias e um bom trabalho pelo desenvolvimento do nosso Estado”, afirmou o presidente da Fiep.

A RMCG será coordenada por um Conselho Administrativo, composto pelo governador do Estado, que o presidirá, pelo prefeito de cada município e um membro de reconhecida capacidade técnica e/ou administrativa, designado pelo governador do Estado, escolhido mediante lista tríplice dentre os municípios integrantes, com a participação das entidades representativas da comunidade.

Entre as prerrogativas do conselho estão a elaboração do Plano de Desenvolvimento Integrado da Região Metropolitana de Campina Grande, o estabelecimento de política e diretrizes de desenvolvimento e também o estudo de possibilidades de unificação de tarifas dos serviços públicos essenciais, como telefonia, postagem e transportes coletivos, no âmbito dos municípios, além de consórcios para aterros sanitários e outras ações.