Fale Conosco

27 de abril de 2016

Governo e COB discutem organização dos Jogos Escolares da Juventude



Integrantes do Comitê Olímpico do Brasil (COB) estiveram nesta quarta feira (27) reunidos com o secretário de Juventude, Esporte e Lazer, José Marco, em seu gabinete, discutindo ações para a organização dos Jogos Escolares da Juventude, que serão realizados em João Pessoa nos meses de setembro – etapa de 12 a 14 anos e novembro, na categoria de 15 a 17. Estiveram presentes pela comitiva do COB, Cássio Duran (gerente de infra-estrutura), Renata Barros (gerente administrativa) e Arthur Correia (gerente de esportes).

O ex-atleta olímpico José Marco, que recentemente foi designado para responder pela Secretaria Estado da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), destacou a importância da vinda da comitiva do COB a Paraíba. “Eles estão fazendo uma espécie de vistoria nos locais de competição pertencentes ao Governo do Estado e também aos privados no intuito de quando chegar a data dos Jogos não haver falhas. É de extrema importância também a vinda porque puderam ver de perto a estrutura toda pronta do Centro de Convenções, onde funcionará a base administrativa dos Jogos”, disse.

Arthur Correia ressaltou que pela primeira vez na história dos Jogos Escolares da Juventude, o maior evento do desporto escolar do Brasil, as duas etapas serão na mesma cidade. “A Paraíba tem o privilégio de ser o único estado que até hoje vai sediar, num mesmo ano, as duas categorias dos Jogos. Tudo só foi possível pela iniciativa do Governo do Estado, que vem mostrando o quanto vem fazendo para engrandecer o esporte”, frisou.

O dirigente ainda elogiou a estrutura dos complexos esportivos estaduais. “A Vila Olímpica Parahyba é modelo para qualquer estado, pois acopla inúmeras modalidades em um só local e bem moderno. Podemos destacar também a estrutura do ginásio Ronaldão, que também foi reformado e ainda o ginásio da Funad, que está em fase de conclusão, sem falar do Centro de Convenções que serão adaptadas quadras no pavilhão de eventos”, concluiu.