João Pessoa
Feed de Notícias

Governo do Estado retoma projeto Cooperar e planeja liberação de recursos em dois meses

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011 - 13:17 - Fotos: 
O governo do Estado está retomando a execução do projeto Cooperar II com objetivo de iniciar as primeiras liberações dos recursos em 60 dias. Essa foi a meta traçada durante reunião na manhã desta terça-feira (8), no Palácio da Redenção, entre o governador Ricardo Coutinho (PSB) e o gerente do Banco Internacional para a Reconstrução e Desenvolvimento (Bird) no Nordeste, Edward Brensyan.

O empréstimo de US$ 20,9 milhões para a execução do Cooperar II foi assinado em maio de 2010 pelo governo anterior, mas 9 meses depois ainda está no início da fase de execução fiscal e financeira. Ao lado do secretário de Planejamento do Estado, Gustavo Nogueira, e do gestor do projeto Cooperar, Roberto Vital, o governador Ricardo Coutinho pediu pressa na execução do Cooperar II e da necessidade de integrá-lo também a projetos como o Empreender e o empréstimo junto ao Fida (Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola) para o desenvolvimento rural com sustentabilidade.      

De acordo com o coordenador do projeto Cooperar, Roberto Vital,  os recursos devem começar a ser liberados em dois meses e possibilitarão o financiamento de projetos produtivos, de infraestrutura hídrica e escoamento da produção rural. Roberto Vital ressaltou que o projeto está defasado em dois anos, mas que o atual governo trabalha com a meta de viabilizar 600 projetos e beneficiar potencialmente 35 mil famílias.   

O técnico Eduard Brensyan ressaltou que o objetivo da visita à Paraíba foi conhecer os novos gestores do Estado e conhecer o andamento do Cooperar para que possa em breve iniciar os financiamentos e a execução dos projetos.

O representante do Bird avaliou como positiva a qualidade técnica para a execução do projeto Cooperar na Paraíba e elogiou a visão do governador Ricardo Coutinho de integrar o programa a outros projetos como o Empreender-Paraíba como forma de alavancar novos recursos para promover o desenvolvimento rural de forma sustentável. Ele ressaltou ainda que o Banco Mundial está aberto a novos acordos com o Governo da Paraíba.    

Investimento – O secretário de Planejamento Gustavo Nogueira destacou que o Governo do Estado dispõe de US$ 77 milhões de dólares para investimento nas áreas de desenvolvimento rural e inclusão social.  Sendo US$ 20,9 milhões de dólares oriundos do Projeto Cooperar,  US$ 50 milhões de dólares do Fida e R$ 15 milhões de reais do BNDES ( que convertidos em dólar representam quase US$7 milhões) para apoio a Arranjos Produtivos Locais (APL).

“O Estado estará colocando a disposição dos pequenos produtores recursos nas áreas de desenvolvimento rural visando a inclusão social. É um passo importante para a redução da pobreza rural, fortalecimento das organizações comunitárias e o desenvolvimento rural sustentável na Paraíba”, completou Nogueira.