Fale Conosco

3 de julho de 2015

Governo do Estado ressalta importância da penicilina na prevenção da sífilis durante gravidez



A Secretaria de Estado da Saúde, por meio da Gerência Operacional de DST/Aids e Hepatites Virais, divulga recomendações para a prevenção da sífilis congênita através do uso da penicilina benzatina durante a gestação, de acordo com a Portaria Nº 25, de 8 de junho de 2015. Esta portaria torna pública a decisão de recomendar a manutenção, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), da penicilina benzatina para a prevenção da sífilis durante a gravidez.

“Devido ao desabastecimento da penicilina em vários locais do Brasil, devido à falta de matéria-prima no mercado mundial, muitos profissionais estavam trocando a medicação no tratamento da sífilis, porém, a portaria do MS ressalta que, para gestante tem que ser administrada a penicilina, pois é a única medicação que trata tanto a mãe quanto o bebê”, explicou a chefe do Núcleo de DST/Aids e Hepatites Virais da SES, Joanna Angélica Ramalho.

A SES recomenda que os municípios que ainda dispõem da Penicilina G Benzatina priorizem esta medicação para o tratamento da gestante com sífilis. “Estamos solicitando, ainda, que os municípios nos informem sobre a disponibilidade desta medicação através dos e-mails dstaidspb@gmail.com e joanaspb@hotmail.com”, concluiu Joanna.