Fale Conosco

21 de março de 2017

Governo do Estado realiza programação especial em comemoração ao Dia Mundial da Água  



O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), em parceria com a Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Secretaria de Estado de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente, da Ciência e Tecnologia (Seirhmact), Instituto Federal da Paraíba (IFPB) e Secretaria de Educação do Estado, elaborou uma programação especial alusiva ao Dia Mundial da Água, que é comemorado nesta quarta-feira (22).

Este ano, as atividades tiveram início nesta terça-feira (21) com a realização de uma palestra na Escola Manoel Souza Oliveira, em Patos. Na quarta-feira, será realizada uma programação conjunta com o IFPB. Na quinta-feira (23), as instituições participantes realizarão mobilizações internas, e na sexta-feira (24), as atividades se encerram com palestra sobre a Transposição do Rio São Francisco.

De acordo com o chefe do Núcleo de Fatores Não Biológicos da SES, Emanoel Lira, as ações são voltadas para a sensibilizar a população sobre a importância da água, sua escassez e contaminação. “Além da escassez da água em algumas regiões, enfrentamos também o problema da baixa qualidade. A poluição causada pelas atividades humanas faz com que a água esteja disponível, porém não esteja própria para o consumo”, disse. Emanoel lembrou que aproximadamente 20% da população mundial não tenha acesso à água limpa e, segundo a UNICEF, cerca de 1400 crianças menores que cinco anos de idade morrem todos os dias em decorrência da falta de água potável, saneamento básico e higiene.

Emanoel alertou sobre a importância de evitar o desperdício da água. “O ideal é que a gente tenha cuidado com a água todos os dias, principalmente para conservação, evitando o desperdício, pois muitos têm em mente que a água, por ser um bem natural, jamais vai acabar, mas na verdade já temos muitas regiões no planeta sem água, situações que achávamos que nunca iríamos ver. Por isso é preciso ter cuidado com o desperdício. Um minuto que cada habitante diminuir no banho vai gerar uma economia sem tamanho”, concluiu.