Fale Conosco

14 de novembro de 2011

Estado realiza ações de prevenção ao HIV e às hepatites virais com grupos considerados ‘vulneráveis’



Profissionais do sexo e pessoas privadas de liberdade que são considerados grupos “vulneráveis” de contraírem o HIV, hepatites virais e outras doenças sexualmente transmissíveis estão recebendo uma atenção especial do Governo do Estado. Eles estão sendo submetidos a exames realizados por técnicos do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen).  A ação é da Gerência Operacional das DST/AIDS e Hepatites Virais da Secretaria de Estado da Saúde (SES).

A gerente Operacional das DST e Hepatites da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Ivoneide Lucena Pereira, explicou que essas ações contam com a participação da Associação dos Profissionais do Sexo da Paraíba (Apros) e fazem parte do Plano Estadual da Enfrentamento a Feminilização da Aids.

Na próxima quinta (17), a SES vai entregar os resultados dos exames de HIV e Hepatites virais a um grupo de profissionais do sexo. A ação está marcada para as 17h na Rua da Areia. No local, os técnicos entregar os exames, orientar sobre as doenças mais comuns e realizar o teste rápido do HIV, que é rápido, gratuito e 100% confiável. As mulheres receberão o preservativo feminino e o gel lubrificante. “Com a entrega desses meios preventivos a mulher não fica sujeita a negociar esses produtos com o companheiro”, disse Ivoneide Lucena.