João Pessoa
Feed de Notícias

Governo do Estado promove formação para professores do Projeto Alumbrar

quinta-feira, 29 de maio de 2014 - 17:52 - Fotos: 

A Secretaria de Estado da Educação (SEE), por meio da Gerência de Educação Infantil e Ensino Fundamental (GEEIEF), promove até esta sexta-feira (30) a II Formação para 37 professores do projeto de correção da distorção idade/ano Alumbrar. A capacitação está acontecendo desde a segunda-feira (26) no Jacumã´s Lodge Hotel, no município de Conde. A primeira capacitação ocorreu no mês de março/2014.

De acordo com a gerente da GEEIEF, Aparecida Uchôa, o conteúdo da formação consiste em trabalhar com a tecnologia da teleaula utilizada no projeto. São teleaulas com um material voltado especificamente para a juventude, assim como o material de pesquisa produzido. O programa é dividido em módulos, sendo três para o Ensino Fundamental e quatro para o Ensino Médio. “O diferencial também está na ligação entre o conteúdo e a vida do aluno, como por exemplo, o módulo sobre iniciação ao mundo do trabalho e o uso das tecnologias, da internet e das redes sociais que estimulam a comunicação entre alunos do país inteiro”, explicou a gerente.

No Estado, já foram formadas aproximadamente 150 turmas. De acordo com as normas estabelecidas, as turmas do programa deverão conter no mínimo 20 alunos e no máximo 30, de acordo com os critérios, como ter idade mínima de 13 anos e dois anos de defasagem idade/ano. O horário das aulas é o mesmo da unidade escolar, com turnos diários de quatro horas corridas, sendo módulos/aulas de 45 minutos, onde os alunos participarão ainda das atividades de complementação curricular no contra turno escolar.

Segundo Aparecida Uchôa, o projeto já vem dando bons resultados com as turmas que começaram em março. “Uma aluna da Escola Estadual Francisco Campos, de João Pessoa, me disse que já tinha perdido a esperança de concluir seus estudos, mas agora está estimulada para concluir, porque no Projeto Alumbrar ela não se sente excluída”, disse.

Alumbrar” – O programa é voltado para alunos de 13 a 17 anos que estão em distorção de idade/série nos últimos anos do Ensino Fundamental. O programa surgiu no Ministério da Educação (Mec) numa ação partilhada por meio do Plano de Ações Articuladas (PAR), com financiamento do FNDE para os Estados devido ao grande índice de distorção idade/série detectado em todo o país, nos anos finais do Ensino Fundamental e no Ensino Médio.