Fale Conosco

12 de maio de 2016

Governo do Estado promove debate contra racismo nesta sexta-feira



Discutir questões ligadas ao racismo nos espaços escolares e na administração pública. Esse é o objetivo da roda de diálogo “Paraíba contra o racismo: identificando e apontando caminhos na sociedade”, que acontece nesta sexta-feira (13), Dia Nacional de Denúncia contra o Racismo. A atividade será às 9h, no auditório I do Espaço Cultural, em João Pessoa. O evento é uma promoção da Secretaria de Estado da Educação e da Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana.

Segundo o gerente de Igualdade Racial da SEMDH, Roberto Silva, a data refere-se Lei Áurea assinada em 13 de maio de 1888, mas não trouxe dignidade ao povo negro e, diante disso, o Movimento Negro Unificado resinificou a data em 1978, transformando o 13 de maio em dia Nacional de Denúncia contra o Racismo.

A proposta da roda de diálogo é alertar sobre as atitudes de racismo em todos os ambientes, principalmente os escolares. Professores, gerentes e técnicos da Secretaria de Estado da Educação, docentes do Centro de Ensino da Polícia Militar da Paraíba e servidores das secretarias participarão do encontro.

Na ocasião será exibido o documentário “O negro no Brasil” e, em seguida, haverá um debate abordando vários temas a exemplo da saúde da população negra, democracia racial, racismo institucional e intolerância religiosa. A realização deste momento de formação está de acordo com as diretrizes do Ministério da Educação e Cultura para o ensino da História e Cultura Afro-brasileira e Africana e para a Educação das Relações Étnico-Raciais.

Segundo Roberto Silva, o Governo do Estado por meio da SEMDH articula as políticas para população negra da Paraíba, apoia as atividades de quilombolas e povos de terreiros, além de desenvolver ações com outras secretarias e órgãos públicos. Mantém funcionando o Disque-Denúncia 197 para atender casos de racismo. Também são parceiros o Fórum Estadual de Educação e Diversidade Étnico-racial, o Conselho Estadual de Promoção da Equidade Racial- Cepir/PB e o Ministério Público Federal.