Fale Conosco

22 de maio de 2012

Governo do Estado promove curso de capacitação agroecológica em aldeias indígenas



A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Humano (Sedh) inicia nesta terça-feira (22) mais uma etapa para a implantação do Programa de atividades produtivas que fortalece a segurança alimentar e nutricional nas comunidades indígenas, quilombolas e negras da Paraíba. Três aldeias da Baia da Traição (Laranjeiras, Cracoeira e Santa Rita) passarão pela capacitação sobre horta agroecológica para iniciar o projeto.

O programa visa estruturar as famílias que vivem nestas comunidades para que elas possam desenvolver práticas produtivas agroecológicas, além de atividades produtivas básicas de criação de aves.

Passo a passo – O Programa, que é do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) em parceria com o Governo do Estado, neste primeiro momento, realiza as capacitações com 12 comunidades indígenas, totalizando 244 famílias beneficiadas. Outras 56 famílias das comunidades negras e quilombolas também vão receber o treinamento.

Dois instrutores estão capacitando as famílias, cumprindo cronograma que deverá ser concluído até o final deste semestre.  Os municípios que serão percorridos pela equipe são Baia da Traição, Rio Tinto, Marcação, Gurinhém, Serra Redonda e Areia.

“Este programa vem promover e assegurar a segurança alimentar dessas pessoas que vivem em vulnerabilidade social nestas localidades. Para isso, precisamos capacitá-los com orientações sobre como desenvolver as atividades. O próximo passo será construir junto com a comunidade os arranjos produtivos”, explicou a chefe do Núcleo de Segurança Alimentar e Nutricional da Sedh, Jacileide Lopes.