Fale Conosco

3 de novembro de 2015

Governo do Estado promove ações do Novembro Azul de incentivo ao autocuidado do homem



A Secretaria de Estado da Saúde (SES) iniciou nesta terça-feira (3) as atividades do Novembro Azul, que seguem até o final do mês, em parceria com as Gerências Regionais de Saúde, serviços de saúde e municípios. São ações de incentivo ao autocuidado da população masculina e adoção de hábitos de vida saudável, além de discussão e capacitação com gestores e trabalhadores de saúde da Atenção Básica, visando a qualificação do cuidado ao homem. A programação será aberta às 14h, com uma sessão especial sobre a saúde do homem na Assembleia Legislativa, em João Pessoa.

O Novembro Azul é um movimento que teve origem em 2003, na Austrália e, desde então, são realizadas diferentes estratégias de conscientização sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce de doenças que atingem a população masculina.

“Por conta da nossa sociedade que ainda é muito patriarcal e o homem é o provedor, ele tem um distanciamento do autocuidado e este comportamento reflete nos dados epidemiológicos, que mostram muito agravamento de doenças evitáveis e curáveis, a exemplo do câncer de próstata que causa muitos óbitos, apesar de ter cura quando diagnosticado precocemente. Queremos com esta campanha quebrar estes paradigmas e incentivar os homens na busca pelos serviços para cuidar da saúde de forma integral”, disse a gerente executiva de Atenção à Saúde, da SES, Patrícia Assunção.

Patrícia alerta para os dados de óbitos na Paraíba que, assim como no restante do país, as principais causas de morte da população masculina são as externas (acidentes, violência, suicídio), doenças do aparelho circulatório, digestivo e respiratório e cânceres, dentre outras.

Em 2015, a maior causa de morte, entre os homens, tem sido o infarto agudo do miocárdio, com 935 casos. Em 2014 foram 1215 óbitos.  Entre os cânceres, o que mais mata o homem é o de brônquios e pulmões, com o registro de 389, em todo o ano passado e, em 2015, já são 310, seguido do câncer de próstata, com 296 mortes em 2014 e 223 este ano.

Para que ocorra a diminuição da mortalidade do homem, é primordial o incentivo à adoção de hábitos de vida saudáveis, bem como o autocuidado. Neste sentido, a população deve procurar às Unidades de Saúde da Família dos seus municípios para a realização dos exames preventivos.

Programação – De acordo com a programação, do dia 3 ao dia 6 de novembro, terá ação de sensibilização sobre a necessidade de prevenção contra o câncer de próstata e a importância do autocuidado com os servidores da Secretaria de Estado da Saúde, na sede da SES.

No dia 11 de novembro, haverá oficina na 3ª Macrorregional de Saúde com os representantes das Gerências Regionais de Saúde, gestores e profissionais da Atenção Básica, para discutir a Política Nacional de Saúde do Homem de forma integral, enfatizando a prevenção do câncer de próstata. O evento será no auditório da Gerência de Educação de Patos, das 8h às 16h30. No dia 12, haverá a mesma oficina na 2ª Macrorregional de Saúde, em Campina Grande; no dia 18, na 1ª Macro, na Capital e no dia 24, em Sousa, na 4ª Macro.

No dia 24 de novembro, ainda terão articulações com as Gerências Regionais de Saúde e serviços hospitalares, para estimular a realização de ações de incentivo à prevenção do câncer de próstata em todas as regiões de saúde do Estado. No mesmo dia, ocorrerá também articulação com a Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai/MS) nas ações de sensibilização e prevenção do câncer de próstata na população indígena de Rio Tinto, Marcação e Baía da Traição.

No dia 30 de novembro, será realizado o Dia D, na sede da Secretaria de Estado da Saúde, com café da manhã; encerramento do mês de sensibilização para o autocuidado da população masculina e prevenção do câncer de próstata; apresentação cultural/ lúdica e ações de saúde e serviços voltados ao homem (aferição de pressão, exame de glicemia, corte de cabelo e barba, dentre outros).