Fale Conosco

26 de julho de 2012

Governo do Estado presta homenagem à memória de João Pessoa



aniversario da morte de joao pessoa praca joao pessoa foto kleide teixeira 28 Foto: Kleide Teixeira/Secom-PB

O Governo do Estado realizou, na manhã desta quinta-feira (26), diversas homenagens alusivas aos 82 anos de morte do ex-presidente da província da Paraíba, João Pessoa. A solenidade foi iniciada às 9h, com uma celebração eucarística na Igreja da Misericórdia, no centro da Capital paraibana.

A programação religiosa foi conduzida pelo monsenhor Virgílio de Almeida, coordenador da Arquidiocese da Paraíba, com a presença do secretário executivo da Casa Civil, Lúcio Flavio, que representou o Governo do Estado; o deputado João Gonçalves, representando a Assembleia Legislativa, além de historiadores, familiares do homenageado e fiéis.

“João Pessoa foi um dos primeiros políticos a lutar pela moralização da máquina pública, rompendo com as oligarquias nacionais e regionais, colocando presidiários para trabalhar e implantando o controle alfandegário sobre o algodão. A morte dele não foi apenas um crime passional, mas culminou com essa série de fatores”, declarou o secretário chefe da Casa Civil, Lúcio Flávio.

Logo após, o público seguiu para a praça que recebe o nome do homenageado, onde ocorreu a solenidade cívica, organizada pelo Cerimonial do Palácio da Redenção. A abertura das atividades foi promovida pela apresentação da Banda de Música da Policia Militar, sob a regência do maestro, tenente Alexandre Maracajá.

O historiador Wellington Aguiar relembrou detalhes da vida e morte de João Pessoa e revelou alguns fatos marcantes na trajetória do ex-presidente. “Às cinco e meia da tarde do dia 26 de julho de 1930, a notícia da morte de João Pessoa chegou à capital paraibana com um grande impacto. O povo foi às ruas aflito, em busca de informações e detalhes sobre o que de fato havia acontecido.”, afirmou  Wellington Aguiar.

aniversario da morte de joao pessoa tumulo foto kleide teixeira 24 Foto: Kleide Teixeira/Secom-PB

O representante da família, Fernando Pessoa Aquino, destacou a importância do momento para a preservação da história da Paraíba. Ele também falou da honra da família durante essas homenagens, e destacou a postura de João Pessoa como um homem que viveu à frente do seu tempo, deixando um grande legado para a política estadual e nacional.

Os 20 estudantes da Escola Estadual Maria do Carmo de Miranda, do bairro de Jaguaribe, e outros 27 da Escola Estadual Epitácio Pessoa, em Tambiá, também acompanharam as atividades e conheceram um pouco mais sobre a vida do histórico líder político.

“Fazer o resgate dos grandes nomes da história da Paraíba e repassar para essa nova geração é apenas uma parte do nosso dever, já que atualmente os próprios livros didáticos não relatam detalhes da nossa memória cultural. Essas atividades extraclasse acabam fugindo da rotina e sempre são bem absorvidas pelos estudantes”, afirmou a professora Izilene Mouzinho.

As homenagens encerram às 11h30, com a visita ao Mausoléu de João Pessoa, localizado nos jardins do Palácio da Redenção. Os presentes foram recebidos com uma reverência militar e no final da visitação foi colocada uma coroa de flores sobre o monumento.